SUA EMPRESA AQUI

ESCREVER....

EM ANDAMENTO

ESCREVER...

EM ANDAMENTO

ESCREVER...

EM ANDAMENTO

ESCREVER...

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Poronga


Ruas do Bira
O sucesso do programa Ruas do Povo entre a população dos bairros atendidos em Xapuri tem contado pontos importantes para o prefeito Bira Vasconcelos (PT). Ele é pré-candidato à reeleição. 

Lucro político
Mesmo sem muita habilidade para tirar dividendos das ações do governo estadual, Bira vai somando pontos que facilitarão seu regresso ao cargo na eleição do ano que vem.

Motivos para comemorar
Além do mais, o governador Tião Viana deu ao prefeito de Xapuri a garantia de que todas as ruas do município serão pavimentadas.

Ponte da esperança
Outra obra que fatalmente alavancará a aceitação de Bira Vasconcelos é a ponte sobre o bairro Sibéria, cujos recursos foram garantidos nas emendas apresentadas pela bancada federal acreana à Comissão Mista de Orçamento.

Boatos
Com o início das obras, devem definhar os boatos de que a cúpula petista estaria pensando em preterir o atual prefeito em favor de Leide Aquino, mulher do ex-prefeito Júlio Barbosa e atual secretária de Agricultura.
leia mais no site do Página 20

TAC entusiasma marceneiros de Xapuri


Acordo promete tirar marcenarias da ilegalidade e alavancar o setor moveleiro do município
O governo do Acre, a prefeitura de Xapuri e o Ministério Público Estadual firmaram nesta segunda-feira (28) um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que enche de entusiasmo e esperança o segmento dos marceneiros do município cujos profissionais sonham em desenvolver suas atividades dentro dos padrões exigidos pelas autoridades ambientais e em local adequado ao funcionamento de seus negócios: o Polo Moveleiro da cidade.
O ato de assinatura do Termo foi realizado no prédio da Promotoria de Xapuri com a participação do secretário de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia (Sedict), Edvaldo Magalhães, da procuradora de justiça Patrícia Rêgo, da promotora de justiça de Xapuri, Diana Soraia Tabalipa Pimentel, do prefeito Ubiracy Vasconcelos, e de vários profissionais do setor moveleiro do município.
Com o TAC, o governo do Estado assume o compromisso com as exigências do Ministério Público que os marceneiros, por suas limitações e dificuldades financeiras, não puderam cumprir. De acordo com o secretário Edvaldo Magalhães, o acordo firmado nesta segunda-feira entre o governo, o Ministério Público e os marceneiros é o pontapé inicial para uma nova realidade na vida das dezenas pessoas que dependem desse ofício para sobreviver.
As vantagens do acordo começam pela isenção, por parte do IMAC, das taxas para o licenciamento das marcenarias, o que significa que os marceneiros não tirarão nenhum dinheiro do bolso para legalizar os seus negócios. Em segundo lugar, o governo e a prefeitura vão construir galpões para abrigar todos eles na área do Polo Moveleiro de Xapuri. A previsão de Edvaldo Magalhães é de que até agosto do ano vem todos os marceneiros estejam devidamente estabelecidos naquele local.
O governo do Estado se comprometeu também em fazer um pacto com a fábrica de pisos para que a mesma se torne a principal base de fornecimento de matéria-prima para as marcenarias. Já a partir do mês de dezembro deste ano o governo estará desenvolvendo um processo de compras governamentais através das diversas secretarias de Estado pelo qual todas as aquisições de mobiliário serão feitas junto às marcenarias dos municípios.
Para o secretário Edvaldo Magalhães, o compromisso assumido entre as partes envolvidas no processo de legalização e funcionamento das marcenarias de Xapuri vai transformar o Polo Moveleiro do município numa área industrial de fato e de direito. “O governo vai fazer os investimentos e nós teremos em breve o verdadeiro Polo Moveleiro de Xapuri verdadeiramente funcionando, oferecendo serviços à população e gerando renda para as famílias que vivem desse ofício”, disse.
O prefeito Bira Vasconcelos afirmou que o acordo foi um grande passo para a consolidação definitiva do Polo Moveleiro de Xapuri, projeto iniciado há 13 anos, mas que nunca atingiu o objetivo desejado pelos governos estadual e municipal. “Esse é um grande avanço, nós queremos até o final do ano que vem estar com todos os marceneiros trabalhando em seus locais, com o apoio do governo e da prefeitura, tocando seus negócios e suas vidas de maneira sustentável”.
Atualmente, a realidade do funcionamento da grande maioria desses empreendimentos no interior do Acre é a pior possível. Muitas marcenarias funcionam em fundos de quintais, provocando vários problemas ambientais que vão desde poluição sonora à queima ilegal ou destinação inadequada dos resíduos da madeira utilizada na produção.
O prazo do Ministério Público para que todas as marcenarias do Acre sejam legalizadas é de 24 meses a partir da assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta. No entanto, governo e prefeitura garantem que em tempo bastante inferior ao prazo estipulado, o Polo Moveleiro de Xapuri estará funcionando dentro de todas as exigências legais. Promessa de um novo tempo para um setor que, segundo Elídio Maffi, profissional da área presente no ato desta segunda-feira, “sempre foi marginalizado” no Acre.

Raimari Cardoso

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Absurdo: acrianos sofrerão aumento de 11,72% na conta de luz


Em nota, a Agência informa que o novo aumento na conta de energia será incorporado ainda nesta quarta-feira (30).
 Consumidores acrianos além de sofrerem como as constantes interrupções no fornecimento de energia elétrica oferecido pela Eletrobrás/Acre, agora terão que engolir o novo aumento concedido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A decisão foi anunciada nesta terça-feira (29).
O novo reajuste na tarifa de energia elétrica domiciliar é de 11,72%, que deverá ser repassado aos consumidores acrianos dos 22 municípios.
Outro ponto bastante interessante na decisão foi a rapidez da Aneel. Em nota, a Agência informa que o novo aumento na conta de energia será incorporado, a partir desta quarta-feira (30).
Os usuários do setor industrial também sofrerão um aumento de 14,34% . Essa tarifa é aplicada somente aos que possuem o serviço de alta tensão, como empresas de grande porte instaladas no Estado.
O aumento concedido pela Aneel beneficiou a antiga Eletroacre (Companhia de Eletricidade do Acre), hoje Eletrobrás/Acre e a Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron).
Cálculos
Os percentuais aprovados refletem a variação do IGP-M, índice previsto no contrato de concessão para medir a inflação no período, o aumento do custo de encargos no setor elétrico e os gastos que as distribuidoras tiveram com compra de energia.
Segundo a Aneel, para calcular os índices, também é considerada a variação de custos que a empresa teve no decorrer do período de referência, sendo que no cálculo são incluídos custos gerenciáveis e custos de energia comprada de geradoras, encargos de transmissão e encargos setoriais.
Fonte: oaltoacre.com.br

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Ronsy abre em Xapuri



Bom momento econômico do município é comprovado com a abertura e crescimento de empresas de materiais de construção 

Na manhã desta segunda-feira dia 28 de novembro abriu em Xapuri uma das maiores empresas de venda de materiais de construção do Estado do Acre a Ronsy, a abertura já era esperada há alguns meses desde quando a empresa começou a construção da loja situada na rua 24 de Janeiro, o prefeito Bira Vasconcelos esteve na inauguração da loja e saiu de lá muito feliz, “a abertura de uma empresa como a Ronsy aqui em nossa cidade é um sinal de que estamos no caminho certo, que estamos desenvolvendo uma política sólida, de resultado, com responsabilidade, nesses quase três anos de administração geramos 450 empregos direto de carteira assinada”, Bira falou do crescimento das empresas do município “as empresas de nossa cidade cresceram, investiram e têm condição de disputar preço é mais uma opção para a população e quem vai ganhar é o cliente com oferta de preço e qualidade dos produtos”, a Ronsy de Xapuri emprega 12 pessoas do município que foram qualificados para trabalhar e oferecer bom atendimento aos clientes. 

Prefeitura oferece curso para servidores


Compromisso de campanha do prefeito Bira Vasconcelos em oferecer melhores condições de trabalho para os servidores municipais bem como valorização com salarial que vem acontecendo com aumento pelo terceiro ano seguido e capacitação com oferecimento de cursos e oficinas. Na ultima semana iniciou o curso de Técnico em Serviços Público oferecido em parceria com o Tribunal de Contas  do Estado e o Instituto Dom Moacyr, o curso tem carga horária de 1.110 horas e durará até dezembro de 2012.
Na semana inicial do dia 21 a 25 de novembro a carga horária foi de 60 horas com aulas da escola do Tribunal de Contas, empreendedorismo corporativo e servidor público e foi muito proveitoso, no encerramento da primeira semana foi oferecido um café da manhã com a presença do prefeito Bira Vasconcelos que motivou os servidores a participarem, os servidores agradeceram ao prefeito Bira por esta oportunidade de se reciclar, “quero agradecer ao prefeito Bira por está oportunidade, tenho 9 anos que entrei na prefeitura e dos prefeitos que passaram nenhum se preocupou em capacitar os servidores, é só cobrança e qualificação e valorização nada”, ressaltou Wendel Menezes que teve suas palavras endossadas pelos outros servidores que deram uma salva de palmas para Bira Vasconcelos. A próxima etapa do curso será entre os dias 05 e 09 de dezembro.

sábado, 26 de novembro de 2011

Xapuri terá 6 lombadas de redução de velocidade


Nos últimos dias esteve em Xapuri uma equipe da engenharia de trânsito do DETRAN fazendo sinalização nas proximidades às escolas do município para nos próximos dias receberem a construção de seis lombadas.
A sinalização e implantação das lombadas é fruto do Fórum Municipal de Segurança Pública realizado no dia 07 de abril de 2011, onde a população pediu a implantação das lombadas visando à redução da velocidade nas ruas de Xapuri e consequentemente a redução de acidentes. As lombadas serão instaladas 01 em frente a escola Rita Maia na rua Coronel Brandão, 01 em frente a escola Anthero Soares Bezerra também na rua Coronel Brandão, 02 na rua 24 de Janeiro nas imediações da escola Divina Providência e 02 na rua Floriano Peixoto entre as escolas Plácido de Castro e Latife Zaine Kalume.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Castanha da Bolívia em embalagens falsas de Xapuri seria enviada para São Paulo em carga avaliada em 15.000 reais


As apreensões diariamente postadas aqui neste blog de ações da PRF no entroncamento de Xapuri, peixes, carne bovina, carne de porco e agora até castanha, a nossa conhecida castanha do Pará que deveria ser conhecida como castanha do Acre, mais, não vou entrar nesse contexto histórico.
Na noite de ontem dia 24 de novembro a polícia Rodoviária Federal aprendeu a quantia de 600 kg de castanha, transportada em uma caminhonete F-250 de placa NCC final 00, proveniente da Bolívia sem certificação do Ministério da Agricultura e sem permissão de importação.
Avaliada em R$ 15.000 (quinze mil) reais, a carga estava embalada em sacos plásticos dentro de caixas de papelão montadas pelo lado avesso onde pelo lado dentro palavras em espanhol da empresa de castanha da Bolívia e por fora pregado a logomarca da Sociedade Castanheira da Amazônia com sede em Xapuri e CNPJ Nº 06997545/0001-09 localizada no Polo moveleiro. Segundo informações da PRF a castanha seria destinada para o estado de São Paulo.
Após entrega da carga à Vigilância sanitária de Xapuri, a PRF recebeu uma denuncia que haveria drogas entre as castanhas, foi feita uma nova revista e nada foi encontrado, encaminhando o material direto para o aterro sanitário de Xapuri.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Virou Rotina!


PRF apreende 245 kg de pirarucu fresco

Na manhã do dia 23 de novembro a Polícia Rodoviária Federal apreendeu no entroncamento de Xapuri a quantia de 245 kg de pirarucu fresco. O pecado estava sendo transportado na carroceria de uma pick-up Ford Courrier de placa MZU 4092. Enrolada em lona sem refrigeração e sem procedência, os 245 kg de pirarucu seriam comercializados em uma peixaria na estrada do Calafate em Rio Branco de nome Peixaria Renascer. Essa não é a primeira vez que é apreendido peixe no entroncamento, a pouco mais de dois meses foram apreendidos 272 kg de carne de peixe que também tinham como destino o bairro do Calafate em Rio Branco, fiscais da vigilância sanitária de Xapuri dizem que a pouco mais de duas semanas atrás num domingo, foi apreendido uma quantia de 450 kg transportada pela mesma pessoa da apreensão anterior.  Todo o pescado foi inutilizado para consumo e aterrado no aterro sanitário de Xapuri.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

456 quilos de Queijo são apreendidos transportados de forma irregular no entroncamento de Xapuri


A Policia Rodoviária Federal apreendeu na tarde desta segunda-feira dia 21 de novembro no entroncamento de Xapuri a quantia de 456 quilos de queijo de origem do laticínio Acrelândia  com nota fiscal de origem. A apreensão se deu pela forma que o produto estava sendo transportado colocando em risco a validade do produto uma vez que estava fora de refrigeração, dentro do compartimento de carga e nos assentos destinado a transporte de passageiro do carro do carro parati de placa MZY  final 65.
Mesmo com apresentação da nota fiscal de origem, a guarnição da PRF não liberou os 456 quilos de queijo devido o tempo em que o produto já estava fora de refrigeração, o que comprometeria a validade do produto para consumo. A apreensão foi encaminhada para vigilância sanitária de Xapuri que encaminhou para o aterro sanitário.
Esse é o terceiro caso de apreensão de produtos nos últimos meses no entroncamento, sendo o primeiro a ser detido no sentido contrário, vindo para Brasiléia, diferente dos anteriores que saiam da fronteira, sem procedência e na mesma condição de irregularidade na refrigeração.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Prefeitura realiza audiência pública para aprovação de emenda popular


A prefeitura de Xapuri realizou na manhã desta sexta-feira dia 18 de novembro a audiência pública para deliberação de emenda de iniciativa popular.
Coordenada pelo relator deputado Arlindo Chinaglia que acolheu uma emenda de iniciativa popular para municípios de até 50 mil habitantes no valor de R$ 500.000 (quinhentos mil reais).
Representantes de todos os segmentos da população xapuriense participaram efetivamente sugerindo e buscando junto aos vereadores alternativas para melhor aproveitar esse momento de participação popular.
Dentre os oito itens propostos foram indicados dez propostas sugeridas pelos participantes como: Fortalecimento do laboratório de Xapuri, revitalização de ruas, calçadas, praças nos bairros, saneamento básico de ruas, prevenção às drogas, construção da unidade de saúde da Sibéria,  reforma da unidade do Mutirão, compra de um aparelho de ultrassonografia, e outros.
Durante a audiência a palavra era facultada a todos os participantes que foram apontando qual seria o item de mais importância para aprovação. O prefeito Bira Vasconcelos participou tirando duvidas dos presentes e engrandeceu a audiência dizendo que quer que sua administração seja lembrada por momentos como esse em que o povo é convidado para participar e decidir o que é melhor para Xapuri.
Dentre as propostas sugeridas foi aprovada pela grande maioria dos presentes a proposta de revitalização de ruas, calçadas e praças no centro e nos bairros da cidade.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Mais de 100 mil reais já foram investidos na Compra antecipada em Xapuri


O PAA (programa de aquisição de alimentos da agricultura familiar) teve inicio em 2009.
O programa é uma das ações do fome zero onde adquire alimentos por preço justo, e distribui para famílias em vulnerabilidade social e alimentar.
Em Xapuri, são 32 produtores que fornecem alimentos e contemplam 60 famílias inseridas no bolsa família através do grupo de convivência do CRAS  e mais 10 entidades (Escola Plácido de Castro, Escola Latife Zaine Kalume, Creche Olhar de Criança, Hospital Epaminondas Jacome, Escola Jofre Koury, Escola Rita Maia, Escola Infantil A caminho do Saber, Escola Alcimar Leitão e Escola São João do Guarany.
Mais de 100 mil reais já foram investidos na compra antecipada em Xapuri  garantindo a venda dos produtos dos produtores dos pólos da Sibéria, Jiquiá e pólo da estrada da borracha, a aquisição dos produtos é extremamente diversificada entre frutas, hortaliças e grãos.
Com a implantação do PAA os produtores se organizaram, buscaram recursos para o plantio e criaram estratégias de produção que tem influenciado diretamente na produção como a diversificação de produtos, resgate de produtos tradicionais e melhoria na qualidade de vida segundo relatório da Seaprof de Xapuri.  

Prefeitura realiza audiência pública para emenda de iniciativa popular


Retificando: A audiência será realizada na Câmara Municipal
A prefeitura de Xapuri realizará na manhã desta sexta-feira dia 18 de novembro às 08 horas na câmara municipal uma audiência publica para discutir junto à população  emendas de iniciativa popular. A iniciativa contempla municípios de até 50 mil habitantes e discutirá propostas no montante de até R$ 500.000 (Quinhentos mil reais) para o orçamento de 2012.  A participação popular é de fundamental importância para aquisição desse recurso, entre as sugestões estão a estruturação da rede de serviços de atenção básica de saúde, implantação de melhorias sanitárias  domiciliares, apoio a recuperação da rede física  e escolar, implantação de escolas para educação infantil, apoio ao pequeno e médio produtor agropecuário, aquisição de máquinas e equipamentos para recuperação de estradas e outros.  

domingo, 13 de novembro de 2011

Ruas do Povo chega ao Pantanal


Maior programa de desenvolvimento de Xapuri, o programa Ruas do Povo está mudando a cara da cidade levando respeito e qualidade de vida para a população xapuriense. Nos últimos dias começaram as obras no bairro do Pantanal que receberá a pavimentação de três ruas.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Por 4 a 1, TRE decide pela cassação da deputada federal pelo Acre


Tribunal também definiu a inelegibilidade dela e de Silas Câmara

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral decidiu há pouco acompanhar, por maioria, o relatório do juiz Marcelo Basseto que pediu a cassação do diploma da deputada Antônia Lúcia Câmara (PSC). Além disso, o TRE votou pela inelegibilidade dela e de seu marido, o também deputado federal Silas Câmara (PSC-AM), por um período de três anos.
O Ministério Público Eleitoral pedia a condenação do casal com base na Lei da Ficha Limpa. Como o Supremo Tribunal Federal definiu a validade da lei somente na eleição do próximo ano, Bassetto decidiu pela aplicação da legislação anterior.
Por unanimidade, o TRE  votou pela aplicação imediata da decisão e o encaminhamento do acórdão ao Supremo Tribunal Federal, instância responsável por abrir processos contra deputados federais.
A defesa de Antônia Lúcia se disse surpresa com a decisão e que irá recorrer ao próprio TRE; em caso de manutenção do veredicto pretende-se recorrer aos tribunais superiores.
Dinheiro foi enviado por Silas Câmara para formar Caixa 2, diz Bassetto
O relator da Ação de Investigação Judicial Eleitoral, juiz Marcelo Bassetto, disse há pouco na leitura do relatório de seu voto que os R$ 472 mil apreendidos em uma caixa de papelão foi enviado pelo seu marido, o deputado federal Silas Câmara (PSC-AM).
Por conta desta conclusão, Bassetto pediu a cassação do diploma da deputada federal Antônia Lúcia Câmara.
Fonte: AC24horas.com.br
Recentemente a deputada esteve em Xapuri participando da audiência publica da ponte da Sibéria onde na ocasião agradeceu a grande quantidade de votos que teve no município e disponibilizou emenda para causa da ponte. Em 2010  a campanha de Antônia Lucia esbanjou estrutura politica em nossa cidade com vários carros, comitê de campanha e muitas pessoas engajadas em seu projeto.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Pra variar


Cena comum nas estradas do Acre, ônibus antigos e com certeza precisando de manutenção, a foto acima foi tirada no entroncamento de Xapuri na tarde desta quinta-feira, dois ônibus sendo concertados em plena rodovia federal a menos de 100 metros da fiscalização Rodoviária Federal. Não é de hoje que esses dinossauros de rodas circulam por nossas BR’s a cada dia oferecendo  a cada dia menos qualidade aos usuários que não tem opção de escolha de transporte a décadas em nosso estado. Se chego um pouco antes tinha presenciado o terceiro ônibus que acabará de sair levando os passageiros de um dos pifados. No local do concerto grande quantidade de óleo derramada no chão o que daqui um tempo abrirá buracos danificando o asfaltamento do local. Não é a primeira vez que isso acontece como já foi denunciado no blog do meu amigo Raimari Cardoso, e a resposta é sempre minimizar o que a imagem mostra e nunca respeitar os que fazem e pagam caro por esse serviço.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Programa de mecanização de terras já contemplou 88 famílias


O programa de mecanização de terras está a todo vapor, diferente dos anos anteriores neste ano à prefeitura de Xapuri conta com dois tratores novos que foram adquiridos este ano através de emendas parlamentares conseguidas pelo prefeito Bira Vasconcelos, já foram mecanizados 110 hectares de terras.
Pólo da Variante, Comunidade Rio Branco, ramal Pinheiro Barreto, Pólo Jiquiá, Pólo da Estrada da Borracha, Pólo Sibéria, Ramal do Fura, ramal do Beleza e PDS Floresta são as comunidades já contempladas totalizando 88 famílias contempladas.  A secretaria de agricultura estima que sejam mecanizadas mais de 200 hectares de terras este ano em Xapuri.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Restos do satélite alemão devem ter caído no Canadá


Perguntado sobre a matéria postada no dia 22 de outubro deste ano que fala sobre a queda de um satélite alemão, pesquisei em alguns sites e aqui vai o desfecho de mais esse risco que estamos correndo aqui em nosso planeta.
O satélite americano desativado entrou na atmosfera por volta das 4h GMT (1h de Brasília) deste sábado sobre o mar, a oeste do Canadá, onde se desintegrou, anunciou a Nasa sem poder especificar aonde seus destroços caíram exatamente.
O Satélite de Pesquisa da Atmosfera Superior Terrestre (UARS, na sigla em inglês) caiu na Terra entre as 3h23 GMT e 5h09 (00h23 e 2h09 em Brasília) de sábado, informou a agência espacial americana.
O satélite entrou na atmosfera "sobre o oceano Pacífico", acrescentou um pouco mais tarde a agência, destacando que "se os restos caíram em terra (e não no mar), o local mais provável é o Canadá". Antes da queda desta sucata espacial, anunciada há três semanas, a Nasa julgou extremamente pequeno o risco de que um de seus destroços ferisse alguém ou provocasse danos materiais.
Havia uma possibilidade entre 3,2 mil de que os dejetos espaciais atingissem alguém em algum lugar do mundo, o que em um planeta onde vivem 7 bilhões de pessoas e cuja 90% da superfície são desabitados, equivale a uma probabilidade de 0,03%, segundo a agência americana.
O UARS tinha o tamanho de um ônibus pequeno e a Nasa havia calculado em cerca de 20 os pedaços com pesos entre 1 kg e 158 kg que poderiam resistir à reentrada na atmosfera, espalhando-se por uma distância de cerca de 750 km. Na manhã deste sábado (horário americano), a agência não havia confirmado o número de pedaços em que o UARS se desintegrou e que poderiam ter caído, nem se podia identificar o local da queda.
Segundo o organismo, objetos com tamanho similar ao do UARS caem na Terra cerca de uma vez por ano. Além disso, "destroços de tamanhos diversos entram na atmosfera todos os dias", explicou o especialista da Nasa Marck Mathey, que assegurou que "em mais de 50 anos de história espacial, nenhuma pessoa foi ferida por um destroço proveniente do espaço".
O UARS é o maior satélite da Nasa a cair na Terra desde 1979, ano em que o Skylab, de 90 t, caiu no oeste da Austrália. Com um custo de US$ 750 milhões, o UARS foi posto em órbita em 1991 pela nave espacial Discovery para estudar a alta atmosfeera, onde fica a camada de ozônio, e está fora de serviço desde 2005, após ter ficado sem combustível.
No caso de que a queda de um pedaço de um satélite cause danos pessoais ou materiais, os Estados Unidos pagariam uma compensação às vítimas em virtude de uma convenção internacional estabelecida em 1972.
A autoridade americana de aviação civil (FAA, na sigla em inglês) publicou na quinta-feira um comunicado no qual advertia os pilotos para um "perigo potencial" por causa desta sucata espacial e na Itália, os moradores do norte do país foram convocados a ficar em casa em virtude dos riscos relacionados com a queda do aparelho.
Fonte: terra.com.br

sábado, 5 de novembro de 2011

População aprova plano diretor de Xapuri


Em audiência pública realizada nesta sexta-feira no auditório do Cedup  a população xapuriense aprovou o plano diretor  de Xapuri. Instrumento  que serve para nortear parâmetros  de desenvolvimento para as cidades, o plano prevê o crescimento organizado  dos bairros, construções  de casas, tamanhos de quintais, largura de ruas, distanciamento de calçadas, áreas para implantação comercial e preservação de áreas de conservação do meio ambiente. Estiveram  presentes na audiência  a equipe do plano  diretor de Xapuri composta por pessoas da sociedade civil, membros do CONDIAC que elaboraram o plano diretor, câmara municipal, Oca e representantes do IPHAN.
O plano diretor foi apresentado e lido para os presentes que discutiram e aprovaram a cada capitulo. Para Bira Vasconcelos a aprovação do plano diretor é de fundamental importância para Xapuri uma vez que atualiza e dita regras para todas as alterações que se fizerem necessárias no município desde infraestrutura  a implantação de empresas e comércios no município, regras que no código de postura  estão desatualizadas com o passar do tempo, no plano diretor estão mais claras e fundamentadas com estudos que visam o crescimento responsável e a organização do município.
 O próximo passo após a audiência pública é encaminhar o plano diretor para aprovação na câmara municipal e após aprovação o período de 120 dias para divulgação e entrar em vigor.
A aprovação do plano diretor não altera construções, obras, ruas, calçadas que tenham sido construídas  antes da aprovação do plano desde que estejam de acordo com código de postura do município  e sim as que iniciarem após aprovação do plano diretor.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Convite para Audiência Pública


quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Bira Vasconcelos entrega equipamentos novos ao Centro de fisioterapia que é uma referencia no serviço municipal de saúde


Os investimentos na saúde é uma marca da administração Todos por Xapuri, com o centro de fisioterapia do município que é o único centro no estado a ser gerido por uma prefeitura não poderia ser diferente. Desde 2009 a secretaria vem fazendo investimentos, garantindo o funcionamento desse tão importante espaço de reabilitação. Na tarde desta terça-feira dia 01 de novembro o prefeito Bira Vasconcelos entregou equipamentos novos ao centro. Bolas, alteres, aparelho de infravermelho, cama elástica, aparelho de ondas curtas que serve para tratamento de inflamação, aparelho de ultrassom e bicicleta ergométrica foi adquirida somando um montante de cerca de R$ 15.000 entre reforma do espaço físico e equipamentos.
A Secretária de saúde Alessandra caminha falou da aquisição de um equipamento raro no comercio de fisioterapia no Estado “entre os equipamentos comprados o equipamento de ondas curtas é um dos poucos encontrados no Estado, até em clinicas particulares em Rio Branco pouco se vê dele pelo alto custo que tem e nós vamos oferecer seus recursos à nossa população” ressaltou a secretária.
Aprovada no concurso público de 2010, a fisioterapeuta Maria Dalvanete falou da importância desse momento para as pessoas que procuram o centro, e parabenizou o município pela iniciativa e valorização do centro de fisioterapia.
Bira Vasconcelos disse que só reconhece a importância de um centro desse quem precisa de um tratamento, “para quem graças a Deus nunca teve nenhum problema, passa aqui na frente e não vê a importância de um centro desse, mais para quem precisa de recuperação aqui é um lugar de esperança, é um lugar valioso” Bira Vasconcelos foi aplaudido por cerca de quarenta pessoas que estavam na cerimônia entre pacientes e servidores da saúde,
“nosso compromisso não acaba aqui, vamos continuar lutando e buscando cada vez mais melhorar o serviço de fisioterapia em nosso município que é  referencia no Estado” ressaltou Bira Vasconcelos.
O centro de fisioterapia de Xapuri realiza semanalmente 120 atendimentos atendendo pessoas como a dona Francisca Farrapo da Silva, que tem 65 anos, mora na zona rural de Xapuri e estava muito emocionada durante a fala do prefeito Bira Vasconcelos,
“estou muito feliz, precisei fazer fisioterapia depois de um acidente onde machuquei a coluna, fui para Rio Branco procurar tratamento e não consegui e jamais imaginei que aqui em nossa cidade teria um serviço desse de qualidade, enquanto o prefeito falava bati palmas várias vezes porque ele merece mesmo, nossa cidade está de parabéns”.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Bira na Frente


No último final de semana estive recarregando as baterias em nossa querida Xapuri. Os dias foram curtos, apenas dois, mas o suficiente para revigorar o corpo e a mente, encontrando bons amigos, recebendo o carinho de familiares, além de desfrutar do ar puro que, como sempre digo, só se respira em Xapuri.
Ao andar pelas ruas da velha princesa a constatação é inevitável: Xapuri virou um canteiro de obras. O programa "Ruas do Povo" tomou a cidade, fazendo a pavimentação de ruas que antes, principalmente no inverno, eram intrafegáveis. O melhor é que o programa contemplou primeiramente os bairros mais carentes do município, levando alegria e uma sensação de maior dignidade para quem mais precisa. Pude perceber numa pequena conversa que tive com moradores de um dos bairros beneficiados que a sensação é comum entre eles, todos se sentem mais respeitados, mais valorizados.
Outra constatação inevitável é o valor político dessas obras. A alegação da oposição xapuriense de que a prefeitura não possui mérito algum na realização dos calçamentos, pode até ser verdadeira, mas não vem surtindo muito efeito entre os populares. Digo sem medo de errar que o programa Ruas do Povo alavancou as intenções de voto do atual prefeito, nos bairros beneficiados, numa proporção que nem mesmo os petistas mais confiantes poderiam prever.
Com a realização desse programa, a máquina municipal na mão e o governador Tião Viana como maior cabo eleitoral, me arrisco a dizer que o prefeito Bira saiu na frente em relação aos demais pré-candidatos à prefeitura nas eleições do ano que vem.
Fonte: Blog maxuelmaia.blogspot.com
← Anterior Proxima → Página inicial