SUA EMPRESA AQUI

ESCREVER....

EM ANDAMENTO

ESCREVER...

EM ANDAMENTO

ESCREVER...

EM ANDAMENTO

ESCREVER...

terça-feira, 31 de julho de 2012

Reaberta em 2009, Governo reafirma compromisso com desenvolvimento e geração de empregos em Xapuri



Governador inaugura usina de beneficiamento de castanha em Xapuri

Fazendo valer os princípios de valorização do extrativismo defendido por Chico Mendes na década de 1980, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Florestal, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis (Sedens), reinaugura, após ampliação e modernização, a Usina de Beneficiamento de Castanha Chico Mendes, em Xapuri, administrada pela Cooperacre (Cooperativa Central de Comercialização Extrativista do Acre).
A solenidade de retomada das atividades na indústria de beneficiamento aconteceu nesta sexta-feira, 27, e contou com a presença do governador Tião Viana, do presidente da Cooperacre, Manoel Monteiro, dos secretários Edvaldo Magalhães (Sedens) e Lourival Marques, da Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), do senador Aníbal Diniz e dos deputados Élson Santiago, Moisés Diniz e Manoel Moraes.

Com quase 80 anos vividos e dedicados ao extrativismo nas florestas do Acre, o presidente da Cooperativa Central de Comercialização Extrativista do Acre, Manoel José da Silva, o "Manoel da Gameleira", não escondia a emoção ao falar que nesta sexta-feira, 27 de julho, realizava um sonho que carregou por anos.
"Como produtor e como presidente da cooperativa, fico muito feliz. Esse é um sonho que tínhamos desde a época de Chico Mendes. A nossa expectativa é muito boa. Isso poderia ter se acabado, porque antes a gente vendia apenas a matéria-prima, não havia a indústria, e a gente ia perdendo espaço porque a concorrência pressionava. Agora, com a indústria, temos a garantia de dois clientes grandes", comemora o presidente da Cooperacre.
As boas expectativas também permeiam os sentimentos do superintendente da Cooperacre, Manoel Monteiro. De acordo com ele, ainda há no Acre quem não compreenda a importância de uma usina de beneficiamento de castanha para os extrativistas e para a sociedade.
"Aqui os extrativistas têm uma indústria que garante a compra de toda a produção deles por um preço mais justo, uma indústria com maquinário e de qualidade que garante ao produto final também ter qualidade. Para nós isso e muito importante", destacou Manoel Monteiro.
Desenvolvimento sustentável e econômico de mãos dadas

A filha do líder seringueiro Chico Mendes, Elenira Mendes, também se emocionou ao lembrar os ensinamentos deixado pelo pai, quando lutava nos "empates" nos seringais de Xapuri. Elenira Mendes disse que a reinauguração da nova usina de beneficiamento de castanha é, sem dúvidas, um momento especial para a família do líder seringueiro.
"Estamos marcando um novo tempo de crescimento, de desenvolvimento para os cooperados, para os extrativistas, mostrando que é possível, sim, aliar o desenvolvimento sustentável com o desenvolvimento econômico dos pequenos produtores, dos extrativistas, dos cooperados, dos seringueiros. Aqui está se consolidando mais um sonho do meu pai, que era ver essa comunidade bem assistida e podendo, com seu suor, com seu trabalho, ter uma vida mais digna, e nós agradecemos tudo isso ao nosso governador, ao esforço de Manoel Silva e de Manoel Monteiro por conseguirem aliar suas forças", frisou.
Elenira afirmou que a consolidação do extrativismo cooperado da Usina de Beneficiamento de Castanha de Xapuri serve, segundo ela, para "calar a boca de muitas pessoas que insistem em dizer que o sonho de Chico Mendes, que seus ideais eram atrasados, que só traziam o atraso para o nosso Estado".
A filha de Chico Mendes prosseguiu dizendo que o ato de reinauguração da indústria serve para mostrar que seu pai conseguia ver muito além.
"Graças a Deus, o governo da Frente Popular tem resgatado cada sonho, cada esforço não só do meu pai, mas de cada pessoa que está sentada aqui, que buscou esses sonhos, esse ideal, e mostrar que é possível aliar o desenvolvimento florestal, a preservação de nossas florestas com a luta daquele povo que acreditava nisso", pontuou Elenira.
A segunda maior indústria do Acre
Edvaldo Magalhães destacou que o novo prédio da usina passou por um processo de reestruturação e modernização para atender, inclusive, um importante contrato que a Cooperacre tem firmado com a Nestlé e Nutrimental.
"Hoje a Cooperacre é fornecedora exclusiva da Nestlé e da Nutrimental, e isso é motivo de celebração porque todos os investimentos dessa indústria foram feitos pela própria cooperativa. Aqui há a participação do governo com sua Lei de Incentivo à Indústria."
De acordo com o secretario de Indústria e Comércio, a cooperativa aproveita bem os incentivos ofertados pelo governo. Todos os investimentos que fizer na infraestrutura de sua fabrica ela ganhará como retorno crédito de ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadoria) na hora que for comercializar seu produto.
Tião Viana ressaltou que em todo o mundo o cooperativismo envolve cerca de um bilhão de pessoas, e o Acre está inserido, dando essa lição com a Cooperacre.
"Já temos a segunda maior unidade em exportação do Acre, só perdendo para a indústria de Laminados Triunfo. Aqui são trabalhadores que se uniram e acreditaram no poder da castanha, acreditaram na borracha, na produção de frutas, na industrialização, e são 250 empregos diretos, numa atividade que esta com potencial econômico extraordinário", disse Viana.
O governador destacou que somente nessa modernização da indústria foram investidos mais de R$ 2,5 milhões. "Aqui a gente divide a alegria e a confiança no Acre da industrialização e da geração do emprego e da renda", comentou o governador.
A hora e a vez dos extrativistas
O senador Aníbal Diniz destacou que, assim como o governo do Acre está transformando o Estado no endereço da piscicultura, o trabalho da Cooperacre está transformando o Acre no endereço do extrativismo da castanha.
"Aprendemos com esse ato porque o projeto da Frente Popular, do governo, valoriza o extrativismo. Aqui nós temos a segunda maior exportadora do Acre, e com potencial para ser a primeira", declarou o senador.
Para o deputado Moisés Diniz, o bom uso que a Cooperacre faz da Lei de Incentivo à Indústria é uma prova de que os extrativistas mostram que agora é chegada sua hora.
"Os governantes do passado, de 15 anos, 20 anos atrás, diziam que vocês não iam resistir no trabalho extrativista, que o único direito de vocês era morar 'onde nem o apinguari queria'. Mas surgiram homens como Jorge Viana e Tião Viana, e vocês estão mostrando a força que têm. Viva o Acre, viva o extrativismo e viva o cooperativismo", celebrou o deputado estadual.

A Cooperativa Central de Comercialização Extrativista do Estado do Acre (Cooperacre) possui três usinas para beneficiamento e industrialização de castanha, borracha e poupas de frutas em Xapuri, Brasileia e Rio Branco. É o segundo empreendimento do Estado que mais exporta produtos para outras regiões do país.
Para dar conta da demanda, a Cooperacre usou recursos próprios para reformar a infraestrutura do prédio e comprar novos maquinários, um investimento de R$ 2,5 milhões. Com as mudanças, a usina aumentou sua capacidade de produção e passa a beneficiar e empacotar, tipo exportação, mais de 100 toneladas de castanha por mês. A matéria-prima é toda oriunda dos seringais de Brasileia e Xapuri.
O principal destino da castanha são os mercados do Sul e Sudeste do país. “Hoje, nossos maiores compradors continuam sendo os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro, mas mantemos um contrato de exclusividade com a Nestlé, a Nutrimental e outras empresas de grande porte”, declarou Manoel Monteiro, superintendente da Cooperacre.
Ainda de acordo com Monteiro, na safra deste ano, correspondente aos meses de novembro a abril, a Cooperacre comprou dos cooperados mais de 500 mil latas de castanha, o equivalente a 7 milhões de quilos, contabilizando um investimento de R$ 15 milhões, em compra de matéria-prima.
A aquisição beneficiou diretamente mais de 2 mil famílias de cooperados, distribuídos em 36 cooperativas e associações, que trabalham coletando castanha em suas colocações. “Depois de beneficiada e empacotada, essa compra de R$ 15 milhões deve nos render cerca de R$ 30 milhões, recurso que estamos investindo na modernização da nossa usina”, adiantou Monteiro.
Para atender a demanda do mercado, a Usina de Beneficiamento de Castanha Chico Mendes mantém cerca de 80 funcionários, que trabalham diretamente no beneficiamento e empacotamento do produto.

Maior evento do Estado, Expoacre peca na qualidade de alguns serviços oferecidos



A  feira agropecuária deste ano movimentou cerca de 100 milhões de reais proporcionando as empresas acreanas a oportunidade de mostrar o quanto a indústria do Estado se sofisticou e se qualificou para concorrer e oferecer produtos de belíssima qualidade.
A cada ano vem se adaptando o espaço, mudanças, ampliações e reformas para buscar melhor comodidade ao público, mas nem sempre tem se conseguido enquanto uma parte da população crescente no país começa a participar de eventos como esse outra parte já não frequenta mais.
Congestionamentos que levam até uma hora e meia em alguns horários no trajeto centro ao parque de exposições, a companhia de transito poderia realizar um trabalho nas rotatórias mais expressivo dando maior fluxo no transito, poeira nos estacionamentos e a quantidade insuficientes  banheiros além da falta de higienização dos mesmos.
Estive no show do padre Fábio de Melo e vi que a área do show cresceu, que bom, porem a área que circunda a arena é cheia de palcos alternativos que funcionam concorrendo com o show principal,  em alguns momentos foi impossível  de ouvi o que se falava, em um momento de oração no show do padre onde grande parte do grande publico presente acendia velas rezávamos ao som do “bara bara berê”  reclamação ouvi também de pessoas evangélicas que assistiram ao show  evangélico, sem contar a grande quantidade de pessoas embriagadas e brigas e pessoas passando mal contrastando com o momento religioso. Ou esses espaços deveriam ficar mais longes da arena principal ou deveriam começar suas apresentações após o termino dos shows religiosos que acontecem somente dois dias dos nove da feira.
Bares e brinquedos, a área de brinquedos para as crianças é grande espaçosa más é vizinha de uma das maiores áreas de bares das muitas que existem na feira, inclusive os banheiros que ficam na área infantil são frequentados por usuários dos bares, em uma oportunidade pude ver pessoas fazendo suas necessidades fora dos banheiros químicos rodeados por crianças que utilizam os brinquedos, em um momento  enquanto aguardávamos meu filho brincar em um brinquedo do parque presenciamos cenas de briga e garrafadas dentro da área de brinquedos.
No mais a feira é muito show é um ótimo lugar para rever amigos, passear com a família, ver as novidades do mercado moveleiro e da indústria do Acre. Como acreano torço que cada ano a nossa feira ofereça mais comodidade e conforto para população.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Corte de encargos deve reduzir em 10% tarifa elétrica, diz ministro



Lobão disse que governo enviará MP para prorrogar concessões ao setor.
'Encargos setoriais serão extintos. Este é o caminho para fazer cair preço'.

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, afirmou nesta quinta-feira (26) que o governo enviará ao Congresso Nacional, em até 30 dias, uma medida provisória para cortar todos os encargos do setor elétrico e prorrogar as concessões na área. Segundo ele, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) está estudando o impacto que o corte nos encargos terá na conta de energia do consumidor e da indústria. O governo espera redução de cerca de 10%.
“Estamos trabalhando intensamente em uma medida provisória de alteração das concessões, prorrogando por mais uma vez as concessões de energia elétrica, mas tudo isso com o princípio mantido da modicidade tarifária, que será intenso. Os encargos setoriais serão extintos. Este é o caminho para realmente fazer cair o preço da energia”, disse o ministro.
Acordo garante venda de energia paraguaia ao Brasil, diz ministro
O ministro afirmou que o governo cancelará a Conta de Consumo de Combustíveis (CCC), a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e a Reserva Global de Reversão (RGR), além de alterar o Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa). O programa do governo federal, Luz para Todos, não sofrerá alteração, segundo o ministro.
“Vamos cancelar CCC, CDE, RGR, e provavelmente mexeremos também no Proinfa. O Luz para Todos passa para o tesouro nacional e não sofrerá nenhuma dificuldade. Os programas serão mantidos”, disse.

O anúncio das medidas deverá feito por Dilma, "muito provavelmente", segundo Lobão, em uma reunião no dia 7 de agosto, no Palácio do Planalto. A presidente deverá se reunir com os maiores empresários brasileiros para discutir investimentos no país e a renovação de concessões nas áreas de energia, rodovias, ferrovias, portos e aeroportos.

Energia encarece no consumidor
Para Lobão, a produção de energia elétrica é uma atividade barata no país, mas que encarece até chegar no consumidor final. O governo, afirma o ministro, está tentando “retirar os obstáculos” do setor.
“A energia, na origem, na geração, é barata, mas ao longo do caminho ela vai encarecendo. O que nós estamos fazendo basicamente é retirar os obstáculos do meio do caminho para que ela chegue na ponta por um preço mais barato”.
O levantamento realizado pela Aneel, diz Lobão, vai definir o percentual de redução das tarifas. “A redução que nós estamos prevendo, e que está sendo examinada, avaliada e calculada pela Aneel, pode vir a ser de 10% ou um pouco mais [para o consumidor e a indústria]”, afirmou.
Priscilla Mendes
Do G1, em Brasília

Programa de ramais avança em Xapuri



O programa de recuperação de ramais realizando pela prefeitura de Xapuri em parceria com o Governo do Estado através do Deracre contempla mais comunidades da zona rural  garantindo o acesso e o deslocamento do campo para a cidade.
São três frentes de trabalho abrindo, recuperando, fazendo bueiros e piçarrando, somando mais de 180 km já recuperados. Em 2009 em levantamento feito pela prefeitura o município tinha 450 km de ramais 80%  em condições precárias e a grande maioria a mas de dois anos sem receber uma benfeitoria. 
Hoje são mais de 700 km de ramais em Xapuri a grande maioria funcionando de inverno a verão garantindo o funcionamento das 14 linhas de escoamento da produção que contempla mais de 900 famílias.
Os ramais que estão sendo trabalhados são o ramal do São Francisco do Iracema com 17 km, Tabocal com 13 km, Ribeiracre Morro Branco com 12 km dos 50 km já recuperados, São Miguel na Cachoeira com 16 km, Maloca com 17 km, Ramal do Peixoto na Cachoeira com 6km e ramal do Guarani e Tupá com 35 km.
Para Prefeitura de Xapuri, é fundamental o apoio e a parceria com o Governo do Estado que tem ajudado na realização do programa dispondo uma patrulha a mais esse ano para Xapuri, são três patrulhas mecanizadas uma da prefeitura e duas do Governo  do Estado.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Usina do Trabalho do Ator - 20 anos de ação - do Sul ao Norte do país



Em comemoração aos vinte anos de trabalho contínuo da Usina do Trabalho do Ator, o grupo leva ao norte do país o espetáculo de rua A MULHER QUE COMEU O MUNDO. O projeto foi contemplado pelo Prêmio Myriam Muniz de Teatro e o roteiro de apresentações contempla as seguintes cidades:
XAPURI
Dia 28/07 - Praça São Gabriel - 18h30 – (Rua 24 de janeiro em frente a Igreja Católica)
Maiores informações na Fundação Municipal de Cultura na Casa Branca.

Ifac realiza curso de Operador de Máquinas agrícolas em Xapuri



Parceria  entre o Instituto Federal do Acre – IFAC/Campus Xapuri, SEAP, Seaprof e Senar-AC possibilitaram a realização do curso de Operação e Manutenção de Máquinas Agrícolas, com carga horária de 56 horas, dividido entre prática e teoria.
 O curso foi idealizado pelos professores José Márcio Malveira da Silva e Paulo Eduardo Ferlini Teixeira para os alunos do Curso Técnico subsequente em Agroecologia turma 2010. “Foi uma demanda levantada em parcerias e com o apoio das instituições que atuam nessas áreas, foi realizado o curso” diz o Prof. Paulo Teixeira.
 Participaram do curso 10 alunos do IFAC/Campus Xapuri, dois funcionários da Seap, dois funcionários da Seaprof e três produtores do Pólo Agroflorestal do Entrocamento de Xapuri. “O curso foi ministrado pelo instrutor do Senar, Roberto Souza da Silva. As aulas teóricas aconteceram em sala de aula no IFAC/Campus Xapuri e as aulas práticas aconteceram na propriedade do senhor Galego, localizada em Xapuri”.
De acordo com o Prof. Paulo Teixeira, a iniciativa desse curso vai aumentar o conhecimento específico de suas áreas de formação e também ajudar a capacitar os trabalhadores de Xapuri. “Ao todo participaram 15 alunos que disseram que o curso foi muito produtivo, pois puderam manusear uma máquina agrícola e também saber como que fazem as manutenções preventivas e corretivas da máquina”, finaliza o professor.
O curso atende também uma demanda que vem crescendo a cada ano em Xapuri, muitos proprietários de terras adquiriram maquinários próprios através de financiamentos e politicas públicas como a realizada pela prefeitura de Xapuri que desde 2009 adotou uma prática de redução às queimadas no município com aquisição de tratores e realização de programas como o de mecanização de áreas onde só em 2011 foram mecanizados mais de 300 hectares, com a chegada do verão existe uma grande procura por profissional para operar tratores tendo que buscar profissionais até em outros municípios do Estado.
Informações e foto: IFAC

Prefeitura leva esporte para bairros de Xapuri


Programa Todos pelo Esporte foi lançado no dia 08 de Julho, no Dia do jogo do Flamengo Master, campeões mundiais de 1981 que reuniu centenas de pessoas no Estádio Álvaro Felício Abrahão.
O programa é realizado pela Fundação Municipal de Cultura e Desporto e contempla crianças de todos os bairros da cidade, cerca de 400 ao total com faixa etária de 08 a 12 anos. 
As escolinhas estão acontecendo em dois períodos, de manhã a partir das 10 horas e a pela tarde a partir das 16:30h. As modalidades esportivas são mudadas de mês em mês, 
A prefeitura de Xapuri contratou 20 monitores que estão trabalhando juntamente com professores de Educação Física da Fundação Municipal de Cultura e Desporto que leva o conhecimento profissional para cada monitor orientando nas atividades.
O presidente da FMCD Mario Jorge falou do desafio desse programa “É muito bom proporcionar sempre uma escolinha como está em nosso município, pois tira as crianças quem sabe do mundo das drogas, da violência e trás elas para o mundo do lazer, um mundo melhor sem dúvidas, ajudando também no desenvolvimento de cada criança”.
Raiane Maia

terça-feira, 24 de julho de 2012

Programa Saúde Solidária trará ginecologista no dia 04 de agosto


O Programa Saúde Solidária realizado pela prefeitura de Xapuri através da Secretaria Municipal de saúde desde março de 2011, vem trazendo profissionais de saúde nas mais variadas áreas como pediatria, ginecologia, obstetrícia, geriatria, cardiologia, gastroenterologista, oftalmologista, ortopedia, ultrassonografia e eletrocardiograma, o programa é realizado com recurso próprio e a contratação do profissional é de acordo com levantamento feito nas unidades de saúde do município.
A próxima etapa do programa vai acontecer no próximo dia 04 de agosto trazendo três profissionais de saúde na área de Ginecologia, o atendimento vai ser realizado no posto de saúde Dr. Félix Bestene Neto a partir das 08:30h.
O Programa Saúde Solidária é um compromisso da administração Todos por Xapuri em oferecer saúde e qualidade de vida para população xapuriense, “esse é mais um programa que nos orgulha, o TFD  municipal que leva 15 pessoas por dia para tratamento fora de Xapuri, o Prefeitura nas Comunidades Levando Saúde até Você, contempla sete comunidades estratégicas da zona rural e acontece toda quarta-feira e o Saúde Solidária que trazemos médicos especialistas todos os meses reforça nossas ações que são realizadas no dia-a-dia, é um compromisso assumido pela administração”, Alessandra Caminha, secretária de Saúde ressaltou também o exame de ultrassonografia que acontecer todas as sextas-feiras na unidade de saúde.

Começa os preparativos para o campeonato xapuriense de futebol


A Fundação Municipal de Cultura e Desporto convida todos os presidentes ou representantes de times para uma reunião que acontecerá nesta terça-feira dia 24 de julho às 18 horas no prédio da Fundação para tratar do inicio dos campeonatos de futebol da primeira e segunda divisão.

sábado, 21 de julho de 2012

Prefeitura e IDM oferecem curso técnico em Eletrônica em Xapuri



A Prefeitura de Xapuri em Parceria com o Instituto Dom Moacyr oferecem 25 vagas para o curso técnico de eletro eletrônica  que começará no dia 23 de julho (segunda-feira) às 13:30h no Sedup. O curso tem carga horária de 1.350 horas, os interessados devem ser maiores de 18 anos e terem ensino médio completo.
Xapuri foi um dos sete municípios do Estado que terá oferecimento desse curso, a coordenadora do Polo de Xapuri Alzenite Verçosa atribui a escolha do município pelo trabalho que a administração municipal vem fazendo voltado para a educação, “nosso prefeito tem buscado incansavelmente a oferta de novos cursos profissionalizantes para Xapuri, onde as oportunidades possam está chegando aqui e não mais as pessoas tendo que ir buscar lá fora”, Alzenite convidou todas aquelas pessoas que tem interesse na área de eletrônica para participarem do curso.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Agente Comunitário de Saúde realiza palestra na zona rural de Xapuri



Um dos programas realizados pela prefeitura de Xapuri desde o inicio da administração Todos por Xapuri na área da saúde é o trabalho realizado pelos Agentes Comunitários de Saúde que realizam o atendimento a prevenção às doenças, cuidados básicos, entrega de Hipoclorito, preservativos, palestras e entrega de medicamentos via cadastro realizado na Secretaria de Municipal de Saúde em todas as comunidades do município.
Na micro área 27  que corresponde à parte da Resex e Filipinas  contemplam 33 famílias que são assistidas pelo agente comunitário Estevão Barbosa.
Na ultima visita à comunidade o agente de saúde realizou palestra na escola municipal de ensino infantil São Sebastião no seringal Filipinas, onde foi abordado o tema a importância da vacinação e os cuidados e destinação do lixo domiciliar.
“Trabalho há quase 10 anos nessa função na prefeitura e me gratifica muito apesar das dificuldades enfrentadas para realizar o meu trabalho, chegando a andar uma média de até 40 km em cada período de visitação, antigamente agente não tinha domínio do trabalho que realizava, hoje nós recebemos capacitação através de cursos técnicos e acompanhamento de uma enfermeira que coordena o projeto”, ressaltou Estevão Barbosa, que enalteceu o trabalho realizado pela prefeitura em valorizar e apoiar a categoria.
Desde 2010  quando foi realizado concurso público 52 ACS realizam esse trabalho na zona rural de Xapuri.

terça-feira, 17 de julho de 2012

Amoprex recebe autorização para manejo na Resex


1º plano de manejo em reserva começa em Xapuri
Na manhã desta terça-feira dia 17 de julho foi entregue a AMOPREX  associação dos moradores da Resex, a Autex autorização de exploração florestal que pela primeira foi emitida em uma reserva extrativista no Brasil.
Instituto Chico Mendes  de conservação da biodiversidade ICMBIO, Secretaria de Estado de Floresta SEF, Instituto de Meio Ambiente do Acre IMAC e produtores rurais da reserva extrativista participaram da reunião e receberam com entusiasmo a autorização que foi concedida para a associação de exploração de manejo florestal durante um ano.
O presidente da associação Sebastião Aquino disse que é o primeiro plano de manejo do Brasil a ser realizando dentro de uma reserva, onde é cultivado a produção de seringa e castanha, e que as famílias inseridas tem a obrigação de realizar um trabalho responsável junto aos órgãos envolvidos mostrando que é possível realizar manejo nessas áreas, agregando valores e levando renda para as comunidades e principalmente preservando a natureza.
São 53 famílias inseridas e muitas outras aguardavam o desfecho final dessa autorização para se inserir no manejo florestal, cerca de 18 mil hectares de terra compõem as áreas autorizadas com o potencial de ser aproveitado 14,16 metros cúbicos de madeira por hectare.
“O manejo não representa o desmatamento, vamos  trabalhar garantido a aplicação das leis de nosso país, não vamos aceitar produtores que venham com segundas intenções, querendo participar para depois transformar áreas que devem ser reflorestadas em pastagens”, Tião falou dos próximos passos que acontecerão e da necessidade de melhoramento de cerca de 80 km de ramais para garantir o acesso as comunidades, “são quase 8 anos que estamos lutando por isso, tivemos muitas vezes as portas fechadas para esse assunto, mais conseguimos mostrar a viabilidade e a responsabilidade que iremos ter garantindo a preservação da nossa floresta e a reposição dela” ressaltou Sebastião Aquino presidente da Amoprex.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Prefeitura constrói espaço esportivo no bairro da Bolívia



Compromisso firmado em audiência pública realizada no bairro pela administração Todos por Xapuri atende pedido dos moradores  em construir um espaço esportivo no bairro começa a se concretizar.
Moradores reclamavam da falta de um espaço esportivo, as crianças e jovens tinham que ir para o campo Álvaro da Silva Mota ou para quadra mais próxima no centro da cidade, a prefeitura desapropriou uma área de terra no bairro onde foi feito no primeiro momento um campo de areia, agora está sendo construída uma quadra de grama natural, uma quadra de areia além de uma área de laser e parque.
O prefeito Bira Vasconcelos falou dos muitos compromissos firmados e realizados no bairro desde o inicio da sua administração, “ fizemos muito na Bolívia, devolvemos o Lar dos Vicentinos  ao bairro reconstruindo do zero, construímos uma ponte nova bonita, resistente, recuperamos  já por duas vezes a pavimentação que havia ficado inacabada da administração anterior, desapropriamos uma área de terra e onde criamos uma nova alternativa de acesso ao bairro pela rua Rotary tirando os caminhões e caçambas que passavam pela rua carregando carga aumentando o desmoronamento dos barrancos  do rio, desapropriamos casas tirando famílias de áreas de risco e agora estamos construindo esse espaço esportivo que vai trazer muita alegria para a população, lembro em 2009 na nossa primeira audiência no bairro, fizemos uma longa lista de ações que precisavam ser feitas, levantadas pela população, e acreditamos que conseguiríamos, e graças a Deus estamos conseguindo”, Bira lembrou também que o programa Ruas  do Povo deverá começar os trabalhos no bairro nas próximas semana onde será contemplado 100% da ruas.
 Com a construção do novo espaço esportivo, a Fundação Municipal de Cultura e Desporto já pensa na redução carga de treinos que vem sendo realizado no gramado do estádio municipal podendo ser feito um trabalho mais aprimorado na recuperação e preservação do gramado que terá inicio das categorias do campeonato xapuriense e jogos da segunda divisão estadual.

Vigilância Sanitária realiza vacinação na Zona Rural



A Secretaria Municipal de Saúde de Xapuri através do Setor de Vigilância Sanitária, está realizando visitas na Zona Rural de Xapuri com o programa de vacina anti-rábica.
Esse programa teve início na Zona urbana, do dia 17 de maio ao dia 19 de Junho e na cidade foram vacinados no geral 1050 animais.
Dia 24 de Junho começou a programação na Zona Rural com 33 seringais a serem visitados. A visita acontece nos finais de semanas, durante esse período já foram visitados 12 comunidades com o acompanhamento de 4 vigilantes, vacinando aproximadamente 80 animais domésticos.
A campanha de vacinação anti-rábica irá acontecer até setembro desse ano.
Raiane Maia
← Anterior Proxima → Página inicial