SUA EMPRESA AQUI

ESCREVER....

EM ANDAMENTO

ESCREVER...

EM ANDAMENTO

ESCREVER...

EM ANDAMENTO

ESCREVER...

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Ifac auncia ampliação em Xapuri e enterra cápsula do tempo



Cápsula do tempo do IFAC/Xapuri deverá ser aberta daqui a 107 anos

"Atenção jovem do futuro, 6 de Setembro do ano de 2120, aniversário ou centenário da Revolução Socialista Mundial, que unificou todos os povos do planeta num só ideal e num só pensamento de unidade socialista que pôs fim a todos os inimigos da nova sociedade. Aqui fica somente a lembrança de um triste passado de dor, sofrimento e morte. Desculpem...Eu estava sonhando quando escrevi estes acontecimentos; que eu mesmo não verei mas tenho o prazer de ter sonhado."  Este texto escrito por Chico Mendes em 1988, ano de seu assassinato, inspirou a data a ser reaberta a cápsula do tempo do Instituto Federal do Acre/Câmpus Xapuri.
A cerimônia de lançamento simbólico da pedra fundamental da reforma e ampliação da sede do Câmpus Xapuri aconteceu na manhã de sexta-feira, dia 25 de janeiro, e mesmo sendo um feriado, mobilizou a comunidade, autoridades locais e a Reitoria do IFAC.
A cápsula foi uma urna de madeira nobre e certificada onde foram colocadas mensagens, a ata da solenidade, um histórico desde o nascimento do câmpus, produtos da região como um preservativo da Nátex, jornais, um ouriço de castanha e uma semente de seringueira, tudo devidamente embalado para durar os 107 anos.

Abrindo a cerimônia, o diretor Geral do Câmpus Xapuri, Prof. Sérgio Flórido, se emocionou ao lembrar de todos os detalhes da implantação da unidade e agradeceu à todos os colaboradores desta história, também falou dos sonhos como a consolidação do Centro de Biotecnologia e a Escola de Fronteiras.

Na mesa de autoridades, o prefeito de Xapuri, Márcio Miranda, falou da diferença que o Instituto está fazendo no município e da sua preocupação em o mais breve possível conseguir um local para abrigar as crianças da Escola Municipal Rita Maia.
Representando o governador Tião Viana, o diretor presidente do Instituto Dom Moacyr, Prof. Marco Brandão, reforçou o apoio incondicional do Governo para a ampliação das ações do Instituto Federal em prol do Acre e citou grandes nomes de xapurienses que marcaram a História, indo de Jarbas Passarinho (político e militar), Armando Nogueira (jornalista) à Adib Jatene (médico)e Euri Figueiredo (educadora).
O secretário de Estado de Ciência e Tecnologia do Acre, Prof. Marcelo Minghelli, também compôs o dispositivo. Ele destacou a solidariedade da comunidade xapuriense. “De nada vale do ‘know how’ técnico sem o ético. Por mais que a instituição faça, não é mais do que o próprio indivíduo pode fazer por si mesmo ao procurar mudar o seu contexto para melhor”, argumentou.
O reitor Pro Tempore do IFAC, Prof. Breno Silveira, destacou que mais do que uma construção, aquele ato é o plantio de sonhos, como foram os de um metalúrgico que virou presidente do Brasil e transformou seu sonho em realidade propondo democratizar a Educação do País, de uma mulher que foi torturada e hoje preside o país e dá continuidade a esta meta de sermos ricos acabando com a pobreza, e o sonho de Chico Mendes de ter a floresta preservada e seu povo reconhecido. “Podemos ser protagonistas e mudar o mundo para melhor”, disse.

Arte por um sonho
Teatro, poesia e música também expressaram a importância do lançamento simbólico da pedra fundamental do IFAC/Câmpus Xapuri.
Alunos encenaram a peça “Vida de um Seringueiro”, dirigida pelo também discente Alder Járide.
Trinta e oito vozes da comunidade, alunos e servidores sob a regência do professor de música, Raildo Brito, estrearam o Coral Chico Mendes e cantaram o Hino Acreano (composição de Francisco Mangabeira e Mozart Donizetti), A Paz (João Donato e Gilberto Gil) e Asa Branca (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira).
E, sobre os encantos de Xapuri e o evento, a professora Willianice Maia escreveu e foram recitados os cordéis “O canto da minha terra” e “Pedra Fundamental”.

Legado de Chico
Na hora de explicar a cápsula do tempo e sua inspiração foram chamados ao palco os senhores João Mendes e Raimundo Mendes, amigo e primo de Chico Mendes. O primeiro leu o bilhete de Chico e o segundo testemunhou sobre o assunto: “Só quem passou sabe o que era a escuridão da floresta. É um grande prazer ver agora que as contribuições de Wilson Pinheiro, Chico Mendes e tantos companheiros de causa estão sendo compreendidas. “Vocês parecem ter absorvidos nossos sonhos e com essa compreensão se lançaram na luta conosco para fazer com que o conhecimento chegue até a gente e contribua para a verdadeira cidadania”.

sábado, 26 de janeiro de 2013

Festa Boa vamos nessa!



Xapuri não terá Carnaval Popular



O prefeito Marinho Miranda acaba de informar ao blog Xapuri Agora que, a exemplo de outros municípios acreanos, também não realizará o chamado Carnaval Popular este ano. A decisão veio depois de uma reunião com os assessores mais próximos, onde se concluiu que a atual situação da prefeitura somada a outros fatores torna inviável o investimento na festa momesca.

Um das razões que contribuíram para o cancelamento do Carnaval em Xapuri foi o ofício circular encaminhado pela chefe do gabinete civil do governador Tião Viana, Márcia Regina, aos comandos da Polícia Militar em todo o estado informando que nenhum gasto será feito em reforço de segurança nos municípios do interior que decidirem por realizar carnaval em praça pública.

Caso a prefeitura resolvesse promover o Carnaval, a Polícia Militar de Xapuri teria que fazer a segurança do evento e do restante da cidade contando apenas com o seu efetivo, que hoje não é muito superior a 50 policiais. Diante da situação, o 1º Tenente Sílvio Araújo da Silva, comandante da PM em Xapuri, informou ao prefeito que não tem como garantir uma estrutura de segurança adequada para o Carnaval.

Marcinho Miranda afirmou que além de levar em conta a questão relacionada à segurança, resolveu abrir mão da realização do Carnaval para garantir o pagamento da folha de pagamento dos funcionários e de fornecedores. Segundo ele, a prefeitura não tem como gastar sequer R$ 50 mil sem colocar em risco as suas já combalidas finanças.

O prefeito afirma que a queda de receita tem a grande preocupação da sua administração, que recebeu um município financeiramente quebrado e cheio de problemas para equacionar. “Não vou ser irresponsável de priorizar o Carnaval, que mesmo sendo uma festa importante, não está acima das muitas necessidades e dificuldades que Xapuri enfrenta”, disse.

Diante de um desfecho que não era esperado pelos foliões, resta aos promotores de festas noturnas de Xapuri assumir a responsabilidade pelo Carnaval 2013. Basta dar uma arrumadinha nos salões, caprichar na ornamentação e inserir as marchinhas e os axés no repertório das boas bandas locais. Carnaval, quem faz é o povo.
Raimari Cardoso

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Xapuri vai receber retroescavadeira do Governo através do PAC 2


O secretário de Extensão Agroflroestal e Produção Familiar (Seaprof), Lourival Marques e a Delegada em exercício do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) no Acre, Fátima Duck, fazem a entrega de retroescavadeiras para mais 13 municípios acreanos. 
O evento acontecerá nesta quarta-feira, 23, a partir das 9 horas, no auditório da Seaprof. Os municípios contemplados com as máquinas têm até 50 mil habitantes e cada prefeitura receberá uma unidade do maquinário.
Os equipamentos serão usados para reestruturar as estradas que ligam o meio rural às cidades, as chamadas vias vicinais, ou como são chamados na região, os ramais. A medida beneficiará mais de 25 mil moradores rurais da região que utilizam os caminhos para comercializar produtos cultivados no campo e, assim, gerar renda para as famílias. Os municípios foram selecionados por meio do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2).
Os municípios contemplados são Acrelândia, Plácido de Castro, Xapuri, Epitaciolândia, Senador Guiomard, Bujari, Porto Acre, Sena Madureira, Manuel Urbano, Santa Rosa do Purus, Feijó, Tarauacá e Jordão. Em etapa anterior, outros sete municípios já haviam sido contemplados com retroescavadeiras, exceto Rio Branco e Cruzeiro do Sul, cuja população ultrapassa 50 mil habitantes.
Como exigência prevista em edital para a entrega das retroescavadeiras serão capacitados 26 funcionários e servidores das prefeituras para operar as máquinas. Com esta entrega o Acre é um dos estados contemplados em 100% com esta ação do PAC 2.
Fonte: Agencia de Notícias

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

dia 20 de Janeiro



sábado, 19 de janeiro de 2013

Fotos do dia 19 de Janeiro


Novena de São Sebastião
Bingão de São Sebastião

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Edital Cultura e Comunidade se encerra na quinta-feira



O período de inscrições para o Edital Cultura e Comunidade termina nesta quinta-feira, 10, com horário de atendimento das 8 às 18h, na sede da Fundação Elias Mansour (FEM). Cada proponente pessoa física e jurídica, com atuação cultural sem fins lucrativos, poderá apresentar apenas um projeto nas áreas de artes cênicas, audiovisual, artes visuais, patrimônio histórico e cultural, música, humanidades, artes integradas e outros segmentos culturais.

Os recursos partirão do Fundo Estadual de Cultura (Funcultura), por meio do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Precult), na modalidade de incentivo direto, com investimento de R$ 1 milhão. As propostas devem ser elaboradas de acordo com o formulário padrão, referente ao modelo Anexo I – edição 2012. Os projetos devem ser entregues em seis cópias impressas, incluindo o formulário e os seus anexos. O regulamento está disponível na página www.cultura.ac.gov.br.

Além da sede da FEM, existem vários endereços no interior do estado para a entrega de toda a documentação:

a) Epitaciolândia: Biblioteca Pública Estadual Elomar de Souza Braga;

b) Brasileia: Rádio Aldeia FM;

c) Xapuri: Museu do Xapuri;

d) Cruzeiro do Sul: Biblioteca Pública Estadual Padre Trindade ou escritório da FEM;

e) Tarauacá: Biblioteca Pública Estadual Anselmo Marinho Lessa;

f) Sena Madureira: Biblioteca Pública Estadual Luiza de Souza Ferreira de Paula;

g) Demais municípios: núcleos da Secretaria Estadual de Educação.

Resultado

Com o fechamento do Edital, a Comissão Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Cefic), composta igualitariamente pela sociedade civil e poder público, fará uma avaliação, no prazo máximo de 90 dias, para divulgar o ranking dos aprovados. A liberação dos recursos poderá ser feita em parcelas, desde que previsto na proposta e no termo de compromisso. Os projetos deverão ser realizados em até um ano, seguindo o cronograma de execução, assim que o dinheiro for liberado.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Gabriel Zaine é o preparador de goleiro mais novo da competição




A cidade de Marília esta sendo sede do grupo B da Copa São Paulo de Futebol Junior que compõe as equipes do Marília, Mirassol, Cruzeiro e Coritiba. Além de revelar futuros jogadores, a Copa São Paulo traz muitas histórias e curiosidades e não está sendo diferente. Na cidade de Marília foi descoberto o Preparador de Goleiros mais jovem da sede e porque não da competição.
         O jovem vem do Cruzeiro Futebol Clube do Distrito Federal, conhecido também como Carcará do Cerrado e nesta sua participação na Taça São Paulo pelo 2º ano consecutivo. Um membro da comissão técnica chamou atenção pela jovialidade: O preparador de goleiros da equipe, que tem apenas 21 anos.
Gabriel Zaine jogou como goleiro no Cruzeiro (2009) e Ceilandense (2010) na categoria júnior. Em 2011 tornou atleta profissional pela AMAX- AC. Agora, chega à copinha como preparador de dois goleiros: Wendell e Michael. O primeiro, titular, foi o goleiro menos vazado no Campeonato Brasiliense.
Apesar de jovem Gabriel começou no futebol em uma escolinha de futebol de Brasília, de onde surgiu a possibilidade de trabalhar no Cruzeiro.
“Passei cinco meses na escolinha de futebol da AABB – Associação Atlética Banco do Brasil. Ano passado o Nyto, Presidente do Clube me chamou para iniciar um trabalho nas categorias infantil, juvenil e júnior. Aceitei o desafio e no segundo semestre treinei também os goleiros do time profissional”, disse Gabriel
O grande desafio de Gabriel no inicio de sua carreira foi o goleiro Wendell que chegou ao Cruzeiro bem acima do peso, antes ele jogava como zagueiro, porém tinha uma imensa vontade de superação. Hoje Wendell é o titular da equipe e foi um dos destaques na partida diante do Marília.
“Acreditei no potencial e na vontade do Wendell, e o principal ele tinha uma vontade imensa de vencer, e se por acaso não desse certo, eu estaria ajudando ele a ter uma melhor qualidade de vida”, ressaltou.
Gabriel já pensa em seu futuro no futebol e o principal é de continuardesempenhando o seu trabalho.
“Pretendo ser piloto comercial. Faço faculdade de aviação civil. Enquanto isso, quero continuar esse trabalho, compartilhando o que sei e aprendendo com cada atleta e profissionais experientes da área.
← Anterior Proxima → Página inicial