quinta-feira, 26 de março de 2015

Prefeitura recupera iluminação Publica em Xapuri



A secretaria de Infra estrutura está  realizando  mais uma etapa da recuperação da iluminação das ruas da cidade.
No final do ano passado havia sido recuperada a iluminação das ruas, praças e quadras de esportes.

Os trabalhos já foram realizados nos bairros do Mutirão de Madeira e Alvenaria e parte do Hermínio de Melo na rua do Ibama, o próximo bairro a ser contemplado será o bairro da Bolívia que será iluminado também a ponte que dá acesso ao bairro.

O secretário de Infra estrutura Neném Borges disse que o trabalho consiste em recuperar os postes que se encontram com lâmpadas queimadas, trocar alguns braços danificados e instalar lâmpadas mais claras em lugares estratégicos que visem dá mais segurança para população, “durante o ano passado fizemos várias vezes a recuperação de toda iluminação da cidade e ainda ampliamos a rede  instalando  braços em postes que não haviam iluminação, esse trabalho foi positivo, hoje  estamos só reparando os lugares onde apareceram lâmpadas eventualmente queimadas o que nos permite contemplar mais bairros e ruas da nossa cidade”.

segunda-feira, 23 de março de 2015

No aniversário de Xapuri, Marcinho anuncia pacote de obras

O dia 22 de março aniversário de Xapuri foi comemorado discretamente pela administração municipal que realizou uma pequena cerimônia no ginásio Álvaro da Silva Mota com  as  famílias desabrigadas e contou com a presença de lideres religiosos, servidores do município e a banda de musica Dona Julia Gonçalves Passarinho.

O prefeito Marcinho Miranda disse que não há clima para realizar uma festa devido o sofrimento que as famílias atingidas pela cheia estão passando, “é um momento de buscar força e rezar para que tudo possa ser resolvido, estamos buscando recursos junto ao Governo do Estado e ao Governo Federal para que agente possa construir casas para essas famílias”, durante a programação o prefeito anunciou um pacote de obras que serão iniciadas nos próximos dias em Xapuri, “ quero anunciar nesse dia 22 de março um pacote de obras que vamos iniciar em nossa cidade este ano gerando emprego e renda  e aquecendo a economia da nossa cidade, já iniciamos nos últimos dias a construção da capela mortuária no cemitério, vamos iniciar a construção da praça da Juventude, temos um recurso para reforma da Casa Branca que agora depois da cheia do Rio Acre precisamos avaliar junto aos engenheiros se corre risco de desabamento para iniciarmos as obras, vamos fazer um recapeamento nas ruas Coronel Brandão, 24 de Janeiro, na rua do Ibama e na rua do Ginásio Coberto, temos uma emenda para  o programa de ramais para dá continuidade nas ações da zona rural,  e estamos aguardando receber os tratores que vão ajudar na produção dos nossos agricultores, vamos construir também um centro de treinamento para os esportes de artes marciais e capoeira, ao todo serão nove obras que vamos construir em nossa cidade neste ano além de inaugurar outras obras que já estão em andamento”.


Ainda pela manhã, Marcinho recebeu um grupo de motoqueiros de Rio Branco que trouxeram donativos e materiais de limpeza para serem doados as famílias desabrigadas, Marcinho percorreu de moto com o grupo as áreas que foram atingidas pela cheia e visitaram o abrigo no ginásio coberto.

sexta-feira, 20 de março de 2015

Prefeitura inicia mais uma obra em Xapuri


A capela Mortuária é uma reivindicação antiga da população de Xapuri e promessa de campanha de muitos prefeitos que passaram pela administração municipal que não tem um espaço destinado para velar seus finados.

Na falta de um lugar especifico muitas vezes os velórios acontecem em igrejas, salões de festas ou na própria casa.
A obra teve inicio no dia 02 de março e a previsão da entrega no dia 02 de agosto, o prefeito Marcinho Miranda falou sobre esta obra, “estamos iniciando esta obra que é mais um compromisso que assumimos com nosso povo, sempre que temos um falecimento em nossa cidade ainda temos mais esse agravante que causa transtornos e sofrimento para as famílias por muitas vezes não termos um lugar para velar seus entes queridos”.


Marcinho agradeceu o apoio que tem recebido dos parlamentares do Acre, “quero agradecer aos nossos Deputados Federais e Senadores em especial os da oposição que tem destinado recursos através de emendas parlamentares para que agente possa trabalhar e melhorar a condição de vida do nosso povo” a capela Mortuária está orçada no valor de R$ 255.319,46 (duzentos e cinqüenta e cinco mil, trezentos e dezenove reais e quarenta e seis centavos), “estamos passando um momento difícil com as conseqüências ocasionadas pela cheia do Rio Acre e contamos com apoio do Governo Federal para ajudar estas famílias, teremos um ano muito produtivo com muitas obras que vão gerar emprego na área da construção, que vão aquecer o mercado das empresas que vende material para as obras e que vai melhorar muito a infra estrutura  da nossa cidade”, o prefeito Marcinho Miranda está preparando um pacote de nove obras para serem realizadas este ano em Xapuri, obras que vão desde a construção da capela mortuária, praça da Juventude, entrega de maquinários à recapeamento das principais ruas da cidade.

quinta-feira, 19 de março de 2015

Atenção aos ribeirinhos



No ultimo final de semana uma equipe da saúde foi enviada pela Defesa Civil que se deslocou até o seringal São Francisco do Iracema, levando sacolões, kit limpeza e colchões.

A equipe composta por um assistente social da Secretaria de Saúde, enfermeiros, policiais militares e a presença de um vereador, que além de dá assistência às famílias atingidas pela cheia do Rio Acre fazendo cadastramento dessas famílias e entregando material, também prestou atendimento em saúde, foram 40 atendimentos entre curativos, orientações e entrega de hipoclorito.

Os trabalhos da Defesa Civil continuam em Xapuri principalmente no monitoramento das áreas de risco tanto na zona urbana quanto na zona rural, mais equipes já estão se deslocando para zona rural para verificar as condições que as famílias se encontram e levar apoio e atendimento até elas.

segunda-feira, 16 de março de 2015

Deputado pede renegociação de dívidas dos comerciantes atingidos pela alagação

Após o levantamento inicial dos prejuízos causados pela enchente no município de Xapuri, que atingiu mais de 42% da área urbana da cidade, o deputado Antônio Pedro (DEM), em conversa com a imprensa, defendeu a renegociação de dívidas e impostos cobrados aos comerciantes atingidos pelas cheias dos rios no Estado, em especial em Xapuri.

De acordo com o parlamentar, a situação dos empresários é delicada, haja vista que muitos comércios ainda continuam de portas fechadas, mesmo após a vazante. Ele pediu uma atenção especial do poder público quanto ao assunto.

“Com o comércio fechado, tem muito comerciante passando necessidade, pois a única fonte de renda dessas pessoas é gerida apenas quando se vende o produto. Como uma loja fechada vai gerar renda? Sem contar que tem alguns estabelecimentos que não poderão mais voltar a ter um funcionamento normal. O que fazer nesse momento para trazer uma resolução para esse problema?”, destacou o parlamentar.

Antônio Pedro comentou também a visita do ministro da Integração Nacional, durante a semana passada. Ele lembrou que Gilberto Occhi sinalizou a construção de 200 casas populares no município.

“O ministro foi lá em Xapuri e prometeu 200 casas. Que realmente isso aconteça. É preocupante a situação dos moradores que foram atingidos”, destacou o parlamentar do Democrata.

Segundo o deputado, a cheia em Xapuri deixou 2.425 desabrigados, sendo que deste montante, 144 famílias ficaram em casas de parentes e 663 famílias foram para abrigos públicos.

Por fim, o deputado ressaltou a necessidade de uma reforma na Escola de Ensino Médio Antero Soares Bezerra. O líder político disse que a unidade de ensino encontra-se abandonada e com a estrutura totalmente comprometida.

“Fiquei assustado com o que vi. A escola está completamente abandonada com portas e janelas sucateadas. Quando chove, metade das salas fica inundada. São muitos problemas que estão colocando em risco a integridade da população estudantil daquele município”, disse.

segunda-feira, 9 de março de 2015

Rio Acre Volta a subir em Xapuri

Desde a ultima sexta-feira dia 06 de março a Defesa Civil do Município monitora o Rio Acre.

Na manhã desta segunda-feira dia 09 o nível do rio marcava 11,85 às 10 horas da manhã. O prefeito Marcinho Miranda esteve juntamente com o subsecretário de Segurança Publica Dr. Vanderlei e com o Tenente do corpo de Bombeiros César, percorrendo pontos onde pode acontecer um possível desbarrancamento na margem do Rio Acre.
Num trecho da rua 6 de Agosto uma árvore centenária corre risco de cair juntamente com o barranco.
O prefeito Marcinho falou sobre a situação “Estamos recebendo mais uma vez em nossa cidade os representantes da Defesa Civil do Estado o Dr Vanderlei e o Tenente César, que estão junto conosco tomando as decisões a cerca da alagação, nossa orientação para as famílias é que aguardem nos abrigos, nas casas de amigos, de parentes, que não tomem nenhuma decisão precipitada que coloquem em risco suas vidas, estamos todos em alerta já mobilizamos todo o pessoal que trabalhou na alagação”.

Destruição em Xapuri II






sábado, 7 de março de 2015

Xapuri recebe mais ajuda da Defesa Civil

Na manhã da ultima sexta-feira dia 06 de março o prefeito Marcinho Miranda recebeu das mãos da vice Governadora do Estado, mais uma etapa de ajuda enviada pela Defesa Civil Nacional.

O prefeito aproveitou a oportunidade para agradecer a  vice Governadora o apoio que recebeu dos profissionais que estiveram em Xapuri ajudando no trabalho com as famílias alagadas, “quero agradecer as pessoas que vieram à Xapuri  nos ajudar, o Exército Brasileiro, o corpo de Bombeiros, a Defesa Civil e o nosso conterrâneo o Secretário  de Segurança Emilson Farias, e também todas as pessoas da cidade que ajudaram, os empresários que botaram seus caminhões seus carros e ajudaram de alguma forma as pessoas que estavam precisando de ajuda”.


Foram  recebidos colchões que fazem parte do kit dormitório faltando chegar ainda travesseiro e lençol, e foram recebidos também fraldas. Segundo o coordenador da Defesa Civil no município Joscíres Ângelo esses materiais fazem parte do Plano de Resposta elaborado pelo município que foi enviado a Defesa Civil Nacional.

quarta-feira, 4 de março de 2015

Desvio garantirá acesso à Sibéria pela Balsa

O funcionamento da balsa que liga o bairro da Sibéria ao centro de Xapuri já está normalizado com a vazante do Rio Acre, o que preocupa é desbarrancamento que atinge o acesso a balsa.

Na tarde de ontem dia 03 de março o prefeito Marcinho Miranda acompanhado do Secretário de Segurança Emilson Farias esteve no bairro onde constatou a gravidade do problema, “estamos aqui para conversar com as pessoas para resolver o problema do acesso à balsa, já conversamos com o proprietário da área onde abriremos um ramal para garantir que as pessoas possam transitar sem perigo”, após conversa com o proprietário os trabalhos de abertura do ramal já começaram.

terça-feira, 3 de março de 2015

Santo Forte!


Destruição em Xapuri

Major Salinas

Major Salinas

Bolivia

Bolívia
Centro de Xapuri

Centro - Casa Kalume

Prédios desmoronam na 6 de Agosto

Agora a pouco por volta das 8:00 h aconteceu um grande desmoronamento num trecho da rua 6 de agosto.
Várias edificações entre comércios e residências ainda podem desmoronar a qualquer momento. O desmoronamento aconteceu no clube e boate Mirantes, o trecho que corresponde do Magazine do Povo até o Mirantes há sinais de desmoronamento, pessoas que se preparavam para ocupar o local mesmo sem autorização da Defesa Civil voltam a retirar materiais do local.


Prefeitura de Xapuri alerta a população para que atendam a recomendação da Defesa Civil e aguardem o tempo que for necessário para vistoria dos imóveis.

segunda-feira, 2 de março de 2015

Defesa Civil interdita casas em Xapuri

Os trabalhos da Defesa Civil continuam, com a vazante do Rio Acre uma nova etapa se inicia com a verificação das residências e prédios afetados pela cheia.
Os dados apresentados da Defesa Civil mostram que a área correspondente do município afetada corresponde a 14 hectares,  ou  42,13% da área urbana  alagada,  e se tratando de área urbanizada alagada corresponde a 24,98% da cidade de Xapuri.
A Defesa  civil interditou edificações nas ruas 17 de Novembro, 6 de Agosto, Don Giocondo, Dr Batista de Morais, 24 de Janeiro, Major Salinas e todo bairro Braga sobrinho  as edificações na Margem do rio Acre.
A interdição é para que possa ser verificado o risco que os imóveis podem oferecer, precavendo um acidente as essas pessoas, um técnico da prefeitura disse que os próximos dias é para ver como o solo vai se comportar e ai definir se o imóvel será liberado ou interditado indefinidamente.
Muitas moradias e prédios comerciais correm risco de desabamento em Xapuri, as equipes da prefeitura juntamente com a Defesa Civil estão visitando os abrigos dando informação as famílias para que tenham prudência e aguardem a verificação para voltarem para suas casas.