sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Por 4 a 1, TRE decide pela cassação da deputada federal pelo Acre


Tribunal também definiu a inelegibilidade dela e de Silas Câmara

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral decidiu há pouco acompanhar, por maioria, o relatório do juiz Marcelo Basseto que pediu a cassação do diploma da deputada Antônia Lúcia Câmara (PSC). Além disso, o TRE votou pela inelegibilidade dela e de seu marido, o também deputado federal Silas Câmara (PSC-AM), por um período de três anos.
O Ministério Público Eleitoral pedia a condenação do casal com base na Lei da Ficha Limpa. Como o Supremo Tribunal Federal definiu a validade da lei somente na eleição do próximo ano, Bassetto decidiu pela aplicação da legislação anterior.
Por unanimidade, o TRE  votou pela aplicação imediata da decisão e o encaminhamento do acórdão ao Supremo Tribunal Federal, instância responsável por abrir processos contra deputados federais.
A defesa de Antônia Lúcia se disse surpresa com a decisão e que irá recorrer ao próprio TRE; em caso de manutenção do veredicto pretende-se recorrer aos tribunais superiores.
Dinheiro foi enviado por Silas Câmara para formar Caixa 2, diz Bassetto
O relator da Ação de Investigação Judicial Eleitoral, juiz Marcelo Bassetto, disse há pouco na leitura do relatório de seu voto que os R$ 472 mil apreendidos em uma caixa de papelão foi enviado pelo seu marido, o deputado federal Silas Câmara (PSC-AM).
Por conta desta conclusão, Bassetto pediu a cassação do diploma da deputada federal Antônia Lúcia Câmara.
Fonte: AC24horas.com.br
Recentemente a deputada esteve em Xapuri participando da audiência publica da ponte da Sibéria onde na ocasião agradeceu a grande quantidade de votos que teve no município e disponibilizou emenda para causa da ponte. Em 2010  a campanha de Antônia Lucia esbanjou estrutura politica em nossa cidade com vários carros, comitê de campanha e muitas pessoas engajadas em seu projeto.
← Anterior Proxima → Página inicial

Um comentário:

  1. Ainda em passos lentos a justiça dos homens está eliminando os agressores das leis do meio político. Percebe-se em vários exemplos uma ganância exacerbada pelo poder e quem quer chegar ao poder passando por cima de tudo e de todos, na verdade não chegará a lugar nenhum.

    ResponderExcluir