segunda-feira, 27 de agosto de 2012

“Canal do Ginásio Coberto”


Obras no entorno do Ginásio de esportes  Álvaro da Silva Mota começam a mudar a cara do local onde será o canal do Ginásio Coberto.
Três obras estão em andamento uma delas é a drenagem de 359 metros de esgoto, área que será o inicio do canal de Xapuri.
A população de Xapuri sonha com o dia em que a área por onde passa o esgoto a céu aberto que corta boa parte da zona urbana do município se transforme num parque, com ciclovia e pista para a prática de caminhadas, como aconteceu com o Canal da Maternidade, em Rio Branco.
O valão representa uma grande dor de cabeça para moradores e governantes municipais. Em toda a sua extensão é destino de toda a natureza de imundícies, lixo e esgotos domésticos, além de ser habitat de insetos e cobras venenosas. No período chuvoso provoca inundações em quintais, facilitando a ocorrência dos mais básicos problemas de saúde.
O curso natural, que foi sufocado pela povoação desordenada, começa nos fundos das residências localizadas na Rua Pio Nazário, recebe “alimentação” de um posto de lavagem de automóveis, passa ao lado do ginásio de esportes Álvaro da Silva Mota, até desaguar no Rio Acre, após atravessar a Rua 24 de Janeiro, entre os bairros Pantanal e Constantino Sarkis.
O sonho da população pode não estar tão perto de ser realizado, mas o início das obras de drenagem urbana de um trecho de 359 metros, entre as ruas Rodovaldo Nogueira e Pio Nazário, já pode ser considerado um começo. A obra orçada em R$ 200.188,90 (recurso oriundo de convênio com o governo federal) tem prazo de conclusão até o próximo dia 22 de outubro.
Informações do Blog Xapuri Agora de Raimari Cardoso
← Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário