terça-feira, 21 de abril de 2015

Com recurso próprio Marcinho começará a pagar bolsa moradia em Xapuri


O prefeito Macinho Miranda esteve reunido durante a manha do dia 21 de abril com as 25 famílias que se encontram desabrigadas no ginásio de esportes de Xapuri.

Acompanhado dos vereadores Celso Gárcia, Iran Florêncio, Rivando Mota  e do presidente da Câmara Municipal  vereador Gessi, e do Deputado Estadual Antônio Pedro o prefeito falou do quanto tem trabalhado buscando uma solução para o problema, “temos buscado a cada dia, junto ao Governo Federal e Estadual  chegar a uma solução para resolver a situação dessas pessoas, sabemos que as coisas são demoradas, é burocrático,  leva um tempo, é uma situação que envolve vários municípios do nosso Estado e está demorando para todos”, nas ultimas semanas os moradores do abrigo tem procurado vereadores e o próprio prefeito alegando que não há mais condição  da permanência das famílias no abrigo por conta do relacionamento entre as pessoas, “aqui tá complicado, é gente que nunca roubou roubando, falando da vida dos outros, brigando com todo mundo, não dá mais, estamos sendo assistidos pela Prefeitura más não vivemos só de comida, precisamos de ir cada um para o seu lugar” ressaltou a dona Maria uma das desabrigadas.


Diante da situação, o prefeito Marcinho MIranda fez contato com as autoridades tanto do Governo Federal quanto do Governo do Estado que não tem uma solução em curto prazo para resolver o problema que já se arrasta há quase dois meses, “aprovamos a lei na Câmara  Municipal e vamos dá inicio ao programa que cria a Bolsa Moradia Transitória  no valor de R$ 350,00 reais para as famílias que se encontram no abrigo, vamos tirar de onde não temos com recurso  próprio, más vamos procurar dá uma condição mais digna possível para essas famílias para que possam procurar um lugar para viver, e procurar voltar as suas vidas à normalidade”, a bolsa Moradia Transitória  prevê  um prazo de seis meses de duração ou até enquanto as famílias possam receber sua casa,  a prefeitura iniciará o pagamento até logo o auxilio comece a ser pago pelo Governo Federal.  
O Deputado Antônio Pedro também falou o quanto tem lutado na Assembleia  Legislativa pelos desabrigados, “estamos falando constantemente na Assembleia sobre a situação que essas pessoas estão passando, tenho cobrado do Governo do Estado uma solução que venha a diminuir o sofrimento dessas pessoas”. 
← Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário