sábado, 19 de fevereiro de 2011

Natex envia 10 milhões de preservativos para o Estado do Pará


A fábrica de preservativos masculino de Xapuri desde o inicio da sua operação vem mudando a vida das pessoas na floresta e na cidade levando melhoria na qualidade de vida  e alavancando o crescimento do município, aquecimento na economia local e qualificação pessoal. São 160 empregos diretos, 95% é mão-de-obra  local, xapurienses que se qualificam diariamente dentro do plano de qualificação e capacitação, tendo  recebido promoção 36%  dos colaboradores. O lote de 10 milhões de preservativos foi enviado na ultima quinta-feira dia 10 de fevereiro para o  Estado do Pará um dos sete Estados  da região norte que recebe preservativos através do Ministério da Saúde  para atender as ações do Programa de Prevenção às DST’s/ Aids.
O governador Tião Viana anunciou o projeto apresentado ao Ministério da Saúde para duplicação da fábrica aumentando a capacidade de produção para 200 milhões de unidades por ano, um investimento de 36 milhões de reais e a unidade de luvas cirúrgicas  orçado em 14 milhões de reais aumentando a demanda de látex e mão-de-obra nas fábricas gerando centenas de empregos diretos e indiretos.
Como a pauta era desenvolvimento sustentável, o  governador anunciou também o plantio de 600 hectares de seringueiras nos municípios de Xapuri, Brasiléia, Epitaciolândia  e Assis Brasil.
Para o Prefeito Bira Vasconcelos, que se disse admirador da  política administrativa da fábrica, é um trabalho que representa muito para o estado e dá vida para o município. “Muita gente não acreditava que um dia isso pudesse acontecer, a fábrica é uma realidade, antes víamos aqui em Xapuri jovens sem expectativa de vida nas esquinas de madrugada sem nada a fazer, agora eles estão nas esquinas esperando o ônibus para ir trabalhar na fábrica, estudando, se qualificando e crescendo na vida”.
Haroldo Sarkis
← Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário