terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Festa de São Sebastião "É simples respeitar”


Nader Sarkis
Abaixo de Deus São Sebastião é mesmo assim... Um santo forte, determinado, que teve sua história marcada por amor ao Cristianismo. No ano 288, os imperadores não permitiam a fé em Jesus Cristo e por não esconder-se em sua certeza, Sebastião deixou de ser homem de confiança de Diocleciano para ser espancado até a morte.
O tamanho desse amor a Jesus o transformou em exemplo para os seres humanos no mundo inteiro. Milhares de cidades têm o santo como padroeiro, dentre elas nossa Xapuri, que nos últimos 110 anos vivencia intensamente sua fé todo mês de janeiro. No dia 20 de janeiro de 1902 aconteceu a primeira procissão pelas ruelas do então povoado de Xapuri com aproximadamente 100 pessoas rezando pela paz entre brasileiros e bolivianos. Depois de todo esse tempo se transformou numa das mais importantes manifestações religiosas do estado do Acre.
Ouvindo depoimentos e testemunhos, percebe-se que já são milhares de promessas e milagres alcançados em nome de Jesus pela intercessão de São Sebastião ao longo desse período centenário. Vejam que essa fé, essa história, foi construída ano após ano enfrentando vários obstáculos, sofrimentos, porém resistindo todas as intempéries do tempo, e sua força mostra com bastante evidência que se eternizará nos corações dos fiéis.
Este ano não foi diferente dos demais. Pessoas chegando de vários municípios do estado, bem como de outros estados do país praticando o exercício de sua fé. Sem querer polemizar, de diferente foi a falta de respeito de uma pessoa
que congrega em outra religião (acredito que não seja de Xapuri) invadindo o espaço de culto ou o momento de fé dos romeiros tentando inutilmente desfocar o ápice da festa que é a procissão. Lembrem-se do direito constitucional, o Estado é laico, ou seja, deve-se garantir no país o exercício de díspares religiões. Os católicos estavam praticando o que lhes convém, portanto seus direitos deveriam ser venerados. É tão simples respeitar, ou não?
Não tenho conhecimento do contrário, mas durante quaisquer manifestações de outras religiões em Xapuri nunca ouvir dizer que os católicos ou de outros credos entraram no espaço de culto ou no direito da manifestação de qualquer fé. Posso citar como exemplo a semana evangélica que é um evento de várias igrejas que acontece em nossa cidade todos os anos e, diga-se de passagem, um grande evento, em que nunca os católicos desviaram a atenção dos participantes distribuindo lá seus artigos religiosos, usando outros recursos que pudessem perturbar sua realização, tão pouco pregando o que à sua visão é correto.
Saibamos todos que o correto mesmo é respeitar as diferenças, sobretudo o ser humano.
Fora isso, a festa de São Sebastião foi muito bonita com uma das maiores participações de todos os tempos durante as novenas, com apresentações de teatros, musicais etc. A procissão muito bem organizada e toda equipe paroquiana trabalhando com afinco para engrandecer ainda mais essa que é uma das maiores festas religiosas do estado do Acre e com a Graça de Deus para 2013, nosso “vinte” será ainda melhor.
Um pouco do Hino a São Sebastião:
Salve, salve São Sebastião/ em Xapuri orai ao Santo Protetor/ recebei as nossas orações/cheios de esperança/cantemos com fervor.
Livrai-nos da peste e tentação/ pedi a Deus por nós, rogai/alcançai a vossa proteção/para que sempre o glorifiquemos. Livrai-nos de todo egoísmo/injustiça e acomodação/aceitai o nosso compromisso/de lutar por um mundo mais irmão...

← Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário