terça-feira, 3 de abril de 2012

Ecoturismo


Maior circuito de arvorismo da Amazônia é inaugurado no seringal Cachoeira.
O circuito de arvorismo foi inaugurado no sábado, 31, pelo governador Tião Viana, pelo vice-governador César Messias e pela secretária de Turismo Ilmara Lima (Gleilson Miranda/Secom).
O seringal Cachoeira, em Xapuri, ganha um novo atrativo além das belezas naturais da floresta amazônica chamado Circuito de Aventura Chico Mendes, o maior circuito de arvorismo da região. O atrativo turístico foi inaugurado no sábado, 31, pelo governador Tião Viana, pelo vice-governador César Messias e pela secretária de Turismo Ilmara Lima.
A área do circuito aventura faz parte da estrutura na Pousada Cachoeira e inclui tirolesa, arvorismo acrobático, arvorismo contemplativo, rapel, ascensão em árvores, caminhada e cicloturismo. Todas as atividades são feitas com equipamentos de segurança de alta qualidade e acompanhadas por monitores treinados. Antes de iniciar qualquer atividade do circuito, os participantes da aventura passam por treinamentos e depois partem para aventura em meio à floresta.
Momento histórico e oportunidade de renda
A secretária Ilmara Lima observa que esse é um investimento em sustentabilidade e histórico para a região do seringal Cachoeira. “Esse é o mais extenso e mais alto arvorismo da região amazônica em contato direto com a natureza e respeitando os seringueiros. Esse é um local que qualquer turista deve vir conhecer para vivenciar o que o Acre tem de melhor e respeitando a floresta”, afirma.

O circuito de arvorismo do Seringal Cachoeira é o maior da região amazônica (Gleilson Miranda/Secom).
Ilmara destaca que as atividades desenvolvidas pela Pousada Cachoeira geram oportunidades de renda para 90 famílias da região. O professor Marcos Afonso disse que, nas trilhas que hoje turistas e acreanos se aventuram, décadas passadas Chico Mendes lutou e cortou seringa. “Isso é a prova de que fazer economia sustentável dá certo. Isso é uma opção de cultura sustentabilista para Xapuri”, pontuou.


César Messias, vice-governador, aposta no sucesso do empreendimento de turismo de aventura. Para ele, a floresta e o ecoturismo são excelentes atrativos para as pessoas que vivem em grandes cidades e procuram o sossego da floresta aliado a atividades de aventura. “Você fazer uma atividade como o arvorismo num jardim como este, rodeado de árvores, numa floresta maravilhosa, é uma emoção extraordinária. Esse é mais um ponto que o governo acerta e que traz oportunidade para essa comunidade”, avalia Messias.
O governador Tião Viana foi um dos primeiros a participar do circuito de arvorismo acompanhado pelos filhos. Tião diz que a inauguração do Circuito de Aventura Chico Mendes é um grande marco para a história do Seringal Cachoeira.
“Agora nós temos um motivo consistente, forte, do turismo aventura. O turismo de aventura é um dos melhores itens de desenvolvimento da economia do mundo, e aqui nós só tínhamos opções de turismo contemplativo, mas agora ampliamos. Se Deus quiser, isso será um sucesso. Uma opção de lazer e aventura para quem mora no Acre e para turistas que fazem viagens pela América do Sul. Esse é o arvorismo mais ousado da Amazônia”, conclui Viana.
Comunidade agradece investimentos
Os filhos de Chico Mendes, Elenira Mendes e Sandino Mendes, agradeceram o empenho do governo do Estado para tornar a região do Cachoeira um local preservado e com a mata nativa em pé. “Meu pai com certeza está muito feliz por ver essa oportunidade de desenvolvimento e renda aqui”, afirmou Elenira Mendes.

Duda Mendes, primo de Chico Mendes, observa que se a luta de seu primo não fosse continuada pelos governos de Jorge Viana, Binho Marques e Tião Viana, era provável que o seringal tivesse se tornado pasto de boi e a comunidade estaria nas ruas da cidade mendigando.
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Acre, Naza Mendes, emocionou-se ao agradecer os investimentos que estão surgindo na região e as oportunidades de renda para a comunidade. Ela confirma o que Duda Mendes disse. “Com certeza, isso tudo que vemos aqui hoje teria virado pasto de boi não fosse o trabalho que o governo faz. Nós somos muito gratos. O turismo aqui é importante para nós. A gente tem certeza de que com esse turismo vai ter muita renda para a região”, finaliza.
 "O turismo de aventura é um dos melhores itens de desenvolvimento da economia do mundo, e aqui nós só tínhamos opções de turismo contemplativo, mas agora ampliamos", disse o governador Tião Viana (Gleilson Miranda/Secom).
Reserve já seu passaporte aventura
Aos interessados em conhecer o Seringal Cachoeira e desfrutar muita aventura no Circuito de Aventura Chico Mendes em plena floresta amazônica, a pousada disponibiliza três tipos de passaporte.
Passaporte Verde – Inclui arvorismo acrobático, arvorismo contemplativo e tirolesa (R$ 70 por pessoa)
Passaporte Vermelho – Inclui rapel (R$ 50 por pessoa)
Passaporte Azul - Inclui ascensão, arvorismo contemplativo e tirolesa (R$ 30 por pessoa).
Para fazer sua reserva e verificar a disponibilidade de horários, basta entrar em contato com a Pousada Ecológica Cachoeira por e-mail (pousadaseringalcachoeira@gmail.com) ou pelo telefone (68) 9947-8399.
Os interessados também por entrar em contato com a Secretaria de Turismo do Acre (Setul) pelos telefones (68) 3901-3020 ou (68) 3901-3022.
← Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário