terça-feira, 24 de abril de 2012

Produção de Farinha gera renda e oportunidade para o homem do campo


A produção de farinha em Xapuri movimentou entre os anos de 2010 e 2011 aproximadamente 252 mil reais, gerando emprego e renda aos produtores nas comunidades do Seringal Floresta comunidade Rio Branco e polo agroflorestal Xapuri II na estrada da Borracha onde foram produzidos 90 mil quilos.
Desde 2009 através de uma parceria entre Governo e Prefeitura foram instaladas quatro casas de farinha no assentamento Tupá, polo agroflorestal Xapuri II, Comunidade Rio Branco e Simitumba.
A Seaprof ofereceu capacitação às pessoas inseridas no programa conseguindo agregar valor e qualidade ao produto que antes era comercializado entre R$ 1,00 a R$ 1,20 o quilo após a qualificação e padronização hoje é comercializada a R$ 2,20 o quilo.
A farinha de Xapuri não só abastece os supermercados do município como também é comercializada com a cooperativa Coopergrão de Brasiléia compra 700 quilos mensalmente e este ano já foram vendidos 25 mil quilos para um comércio em Porto Velho.
No polo agroflorestal Xapuri II cerca de 30 famílias produzem farinha, cada família plantou de um a dois hectares de mandioca e a previsão é que a produção cresça mais ainda este ano  produzindo também goma e tucupi.
← Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário