segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Gabriel Zaine é o preparador de goleiro mais novo da competição




A cidade de Marília esta sendo sede do grupo B da Copa São Paulo de Futebol Junior que compõe as equipes do Marília, Mirassol, Cruzeiro e Coritiba. Além de revelar futuros jogadores, a Copa São Paulo traz muitas histórias e curiosidades e não está sendo diferente. Na cidade de Marília foi descoberto o Preparador de Goleiros mais jovem da sede e porque não da competição.
         O jovem vem do Cruzeiro Futebol Clube do Distrito Federal, conhecido também como Carcará do Cerrado e nesta sua participação na Taça São Paulo pelo 2º ano consecutivo. Um membro da comissão técnica chamou atenção pela jovialidade: O preparador de goleiros da equipe, que tem apenas 21 anos.
Gabriel Zaine jogou como goleiro no Cruzeiro (2009) e Ceilandense (2010) na categoria júnior. Em 2011 tornou atleta profissional pela AMAX- AC. Agora, chega à copinha como preparador de dois goleiros: Wendell e Michael. O primeiro, titular, foi o goleiro menos vazado no Campeonato Brasiliense.
Apesar de jovem Gabriel começou no futebol em uma escolinha de futebol de Brasília, de onde surgiu a possibilidade de trabalhar no Cruzeiro.
“Passei cinco meses na escolinha de futebol da AABB – Associação Atlética Banco do Brasil. Ano passado o Nyto, Presidente do Clube me chamou para iniciar um trabalho nas categorias infantil, juvenil e júnior. Aceitei o desafio e no segundo semestre treinei também os goleiros do time profissional”, disse Gabriel
O grande desafio de Gabriel no inicio de sua carreira foi o goleiro Wendell que chegou ao Cruzeiro bem acima do peso, antes ele jogava como zagueiro, porém tinha uma imensa vontade de superação. Hoje Wendell é o titular da equipe e foi um dos destaques na partida diante do Marília.
“Acreditei no potencial e na vontade do Wendell, e o principal ele tinha uma vontade imensa de vencer, e se por acaso não desse certo, eu estaria ajudando ele a ter uma melhor qualidade de vida”, ressaltou.
Gabriel já pensa em seu futuro no futebol e o principal é de continuardesempenhando o seu trabalho.
“Pretendo ser piloto comercial. Faço faculdade de aviação civil. Enquanto isso, quero continuar esse trabalho, compartilhando o que sei e aprendendo com cada atleta e profissionais experientes da área.
← Anterior Proxima → Página inicial

Um comentário: